Tecnologia

10 melhores episódios de À Prova de Tudo com Bear Grylls

A série de televisão “À Prova de Tudo” (em inglês, “Man vs. Wild”) ficou famosa por acompanhar Bear Grylls em aventuras extremas ao redor do mundo. Ao longo dos programas, ele demonstra técnicas de sobrevivência em ambientes hostis. Selecionamos alguns dos melhores episódios de “À Prova de Tudo” e as informações sobre eles.

A série de televisão britânica, originalmente exibida pela emissora Discovery Channel, se tornou muito popular ao redor do mundo. Criada e estrelada por Bear Grylls, um ex-militar britânico e especialista em sobrevivência, a série estreou em 2006 e teve várias temporadas.

Leia mais:

Houve críticas sobre certas práticas controversas de produção, como alegações de que Bear Grylls teria sido hospedado em hotéis durante filmagens ou que alguns cenários foram preparados antes das gravações. Mas apesar disso, a série sempre enfatizou a importância da segurança e da preparação antes de se aventurar na natureza, encorajando os espectadores a serem conscientes dos riscos envolvidos em atividades ao ar livre.

Os 10 episódios listados a seguir, não apenas destacam as habilidades de Bear Grylls em sobrevivência extrema, mas também oferecem uma visão sobre diferentes ambientes naturais ao redor do mundo. Cada um deles apresenta desafios únicos e lições sobre como enfrentar situações adversas na natureza.

1- Serra Nevada (Temporada 1, episódio 6)

O episódio “Serra Nevada” de “À Prova de Tudo” é um dos mais memoráveis da série, pois Bear Grylls enfrenta os desafios das montanhas da Serra Nevada, uma cordilheira localizada no estado da Califórnia, nos Estados Unidos.

Bear demonstra como sobreviver escalando um penhasco em Sierra Nevada e arriscando uma descida de mais de 100 metros por pedras escorregadias. Ele usa técnicas de nativos norte-americanos para construir uma jangada.

Bear Grylls lida com os desafios impostos pela elevada altitude da Serra Nevada, onde a falta de oxigênio pode ser um problema sério. Ele demonstra técnicas de aclimatação e cuidados para evitar o mal da altitude.

Em um ambiente árido como esse, encontrar fontes confiáveis de água é crucial para a sobrevivência. Bear Grylls ensina métodos para localizar e purificar água encontrada na natureza. Ele também mostra como construir abrigos improvisados para se proteger das condições climáticas adversas, como o frio e o vento forte comuns em altitudes elevadas.

Grylls explora métodos de captura de alimentos na região, incluindo armadilhas para pequenos animais e técnicas de pesca improvisadas. Ele enfatiza a importância da preparação adequada, do conhecimento das habilidades básicas de sobrevivência e do respeito pelos ambientes naturais para minimizar os riscos.

O episódio da Serra Nevada é lembrado por sua intensidade e pelos desafios únicos enfrentados por Bear Grylls na cordilheira americana, o que contribuiu para a popularidade duradoura da série.

  • Título original: “Sierra Nevada” (T1, ep.6)
  • 2006
  • Duração: 43min

2- Costa Rica (Temporada 1, episódio 3)

Bear Grylls em um dos seus melhores episódios de

Neste episódio, Bear Grylls explora a densa floresta tropical da Costa Rica, demonstrando como conseguir comida e água ali. Na selva da Costa Rica, encontrar fontes de água potável é essencial. Grylls ensina técnicas para purificar água encontrada na natureza e mostra métodos para encontrar alimentos, como insetos, frutas selvagens e outras fontes naturais de nutrição.

A Costa Rica abriga uma diversidade de vida selvagem, incluindo animais como serpentes venenosas, aranhas e outros insetos perigosos. Grylls aborda como evitar encontros perigosos e lidar com possíveis ameaças na selva.

Como em todos os episódios de “À Prova de Tudo”, o episódio da Costa Rica não apenas destaca as habilidades de sobrevivência de Bear Grylls, mas também chama a atenção dos espectadores sobre a importância da preparação, conhecimento e respeito pelo ambiente natural.

Grylls enfatiza a importância de manter-se calmo, tomar decisões inteligentes e utilizar recursos disponíveis de forma eficiente para maximizar as chances de sobrevivência em uma floresta desafiadora como a da Costa Rica.

  • Título original: “Costa Rican Rainforest” (T1, ep. 3)
  • 2006
  • Duração: 43min

3- Alasca (Temporada 1, episódio 4)

Bear Grylls em episódio no Alasca

Bear Grylls enfrenta o frio intenso e os perigos da vida selvagem no Alasca, mostrando como construir abrigos e manter-se aquecido em temperaturas extremamente baixas. Grylls mostra técnicas para lidar com o frio, incluindo a importância de manter-se aquecido, protegendo as extremidades do corpo e evitando a hipotermia.

O episódio de “À Prova de Tudo” no Alasca é uma imersão nas condições extremas e na beleza selvagem da região ártica dos Estados Unidos. Grylls explora métodos para encontrar alimentos na paisagem ártica, que podem incluir a caça de animais selvagens, a pesca de peixes através de buracos no gelo, e a coleta de plantas comestíveis que sobrevivem no clima frio.

Demonstrando sua habilidade em construir abrigos improvisados, Grylls mostra como utilizar a neve e outros materiais naturais para criar um abrigo que ofereça proteção contra o vento cortante e outros elementos adversos.

Grylls orienta os espectadores sobre como navegar com segurança em terrenos congelados, onde a visibilidade pode ser limitada e as condições do gelo podem ser traiçoeiras. Em um ambiente onde a água líquida pode ser escassa devido ao frio extremo, ensina métodos para derreter neve e gelo para obter água potável.

O episódio do Alasca não apenas mostra as habilidades de sobrevivência de Bear Grylls, mas também enfatiza a importância de planejamento cuidadoso, conhecimento das condições locais e habilidades práticas para maximizar as chances de sobrevivência em ambientes extremos como o Alasca.

  • Título original: “Alaskan Mountain Range” (T1, ep. 4)
  • 2006
  • Duração: 42min

4- Indonésia (Temporada 2, episódio 10)

Um dos melhores episódios de À Prova de Tudo, Bear Grylls salta na Indonésia

O próprio Bear Grylls relatou o salto de paraquedas em Sumatra, na Indonésia, como um dos pontos altos do episódio “Pântano da Selva”. A dificuldade era tanto que, o salto em si era o menor dos problemas. Ele teve que calcular o momento exato pousar na água e mergulhar para não ser como ir de encontro ao concreto.

Sumatra é conhecida por sua rica biodiversidade, mas também apresenta desafios como fauna selvagem variada e condições climáticas úmidas e imprevisíveis. Bear Grylls explora como navegar em meio à densa vegetação e como identificar recursos naturais essenciais.

Na floresta de Sumatra, Grylls enfrenta desafios como encontros com cobras venenosas, insetos perigosos e outros animais selvagens. Ele ensina estratégias para evitar conflitos com a fauna local e como agir em caso de emergência.

Bear Grylls utiliza materiais naturais encontrados na floresta para construir abrigos improvisados que proporcionem proteção contra a chuva e outros elementos naturais. Grylls mostra como navegar em uma selva densa, utilizando marcos naturais e habilidades de orientação para se movimentar de forma segura e eficaz.

  • Título original: “Jungle Swamp” (T2, ep. 10)
  • 2008
  • Duração: 44min

5- Belize (Temporada 3, episódio 6)

Bear Grylls em Belize, um dos melhores episódios de

Neste episódio, Bear Grylls está nas selvas de Belize, onde interpreta uma espécie de Tarzan nas árvores, encara de perto uma jibóia de 2,7 metros e fica pendurado pelas pontas dos dedos sobre um rio caudaloso de águas brancas.

Isso porque, apesar de seus avisos sobre segurança, Grylls assume riscos questionáveis ​​na floresta tropical de Belize. Ele balança em uma videira sobre um desfiladeiro, atravessa uma estreita ponte de madeira sobre corredeiras de rios furiosos perto de uma convergência de cachoeiras, mas consegue construir uma jangada que não afunda.

Belize é conhecido por sua biodiversidade impressionante, que inclui florestas tropicais, recifes de coral, cavernas e zonas costeiras. Bear Grylls aproveitou para explorar diferentes ambientes naturais, cada um apresentando seus próprios desafios e recursos.

Além disso, Grylls se aventurou em Belize durante a estação chuvosa, onde enfrentou cachoeiras traiçoeiras, rios subterrâneos e cavernas secretas Maias.

  • Título original: “Belize” (T3, ep. 6)
  • 2009
  • Duração: 44min

6- Everglades (Temporada 1, episódio 10)

Bear Grylls em À Prova de Tudo, episódio Everglades

O episódio de “À Prova de Tudo” nos Everglades mostra as complexas paisagens dos pântanos da Flórida, Estados Unidos. Bear Grylls enfrenta os desafios deste ecossistema único e explora os pântanos dos Everglades, caracterizados por água rasa, vegetação densa e vida selvagem diversificada. 

Grylls demonstra como navegar em terrenos alagados e evitar os perigos associados, como jacarés e cobras. Ele utiliza sua experiência em navegação em águas rasas e lamaçais, demonstrando técnicas para atravessar terrenos alagados de forma segura e eficiente.

Segundo o site oficial da atração, a cada ano pelo menos 60 turistas precisam ser resgatados na região de Everglades. Com mais de um milhão de jacarés, milhares de cobras e até ursos negros vagando por essas terras alagadas, a área tem mais do que sua cota de perigos.

É nesse cenário que Bear Grylls demonstra como manter os jacarés afastados e encontrar comida de revirar o estômago (como sapos e tartarugas) para se manter vivo.

  • Título original: “Everglades” (T1, ep. 10)
  • 2007
  • Duração: 43min

7- Saara (Temporada 2, episódio 1)

Um dos melhores episódios de À Prova de Tudo é o do deserto do Saara

O Saara é conhecido por suas temperaturas escaldantes durante o dia e quedas drásticas de temperatura à noite. Bear Grylls mostra como lidar com o calor intenso durante o dia e a necessidade de se proteger do frio extremo à noite. Um dos melhores episódios de “À Prova de Tudo” entre os que nos levam às paisagens áridas do planeta.

Grylls usa táticas de sobrevivência dos povos indígenas, come um escorpião e um peixe-areia e explica como escapar da areia movediça. Encontrar água é uma prioridade absoluta no deserto, por isso, Grylls demonstra técnicas criativas para coletar e purificar água, como a condensação da umidade à noite e a extração de água de plantas.

Em um ambiente onde a vegetação é escassa e a vida animal é esquiva, Bear Grylls explora métodos para encontrar comida, incluindo insetos, pequenos roedores e plantas comestíveis adaptadas ao clima árido. Utilizando materiais encontrados no deserto, como areia e rochas, Grylls constrói abrigos improvisados que oferecem proteção contra o sol abrasador e ventos fortes.

Em 2010, na temporada 4, Bear Grylls volta ao Saara e novamente apronta das suas aventuras com muita criatividade. É assim para encontrar água, caminhar até a costa, pegar um polvo, fazer abrigo com árvores de acácia e se esbaldar em um café da manhã de hambúrguer de insetos, gafanhotos e mariposas.

  • Título original: “Sahara” (T2, ep. 1)
  • 2007
  • Duração: 44min

8- Sobrevivente Urbano (Temporada 4, episódio 12)

Bear Grylls em cena de episódio de

Grylls muda de cenário e agora explora uma área urbana pós-desastre em que precisa sobreviver. O episódio se passa em Gdynia, na Polônia. Ele encara um desastre urbano simulado, andando por prédios abandonados, telhados e esgotos, onde é tão difícil encontrar água potável quanto no deserto.

Em um porto deserto e gelado do Báltico, Bear demonstra como técnicas de sobrevivência podem servir para permanecer vivo sem ajuda humana em uma ‘selva de concreto’ urbana. Se locomover e entrar em prédios fechados a partir do topo requer técnica de montanhismo, escalada e deslizamento ao longo de cabos de aço. Sem suprimentos de comida ‘civilizados’, ele deve pegar, cozinhar em fogo improvisado e consumir insetos ou roedores, mas beber água é ainda mais difícil de conseguir.

Anunciado como tendo sido filmado numa “área urbana abandonada”, foi de fato gravado no estaleiro Stocznia Gdynia (que havia encerrado suas atividades recentemente), no porto polonês de Gdynia, um dos portos mais movimentados do Báltico. Em nenhum momento Grylls esteve a mais do que alguns minutos a pé da civilização, incluindo edifícios de escritórios, bairros comerciais e residenciais e uma das principais vias da cidade.

De acordo com informações da produção do reality, Bear Grylls afirma estar “indo rapidamente em direção a uma cidade portuária na costa do Báltico”, porém, momentos depois, quando ele pula na rede de carga que foi cuidadosamente posicionada ao seu alcance, ele não está mais indo em direção à cidade, mas na direção oposta ao longo do Kanal Portowy.

Ao contrário dos ambientes naturais como florestas ou desertos, um ambiente urbano pode ser caracterizado pela escassez de recursos naturais essenciais, como água potável e alimentos frescos.

Grylls aborda os desafios de segurança que podem surgir em áreas urbanas, como a necessidade de evitar confrontos com pessoas desconhecidas e permanecer seguro em um ambiente de alta densidade populacional.

Ele também demonstra como utilizar recursos urbanos disponíveis, como materiais de construção, lixo e objetos cotidianos, para improvisar abrigos, coletar água e encontrar comida.

  • Título original: “Urban Survivor” (T4, ep. 12)
  • 2010
  • Duração: 44min

9- Islândia (Temporada 1, episódio 11)

Bear Grylls na Islândia

Enquanto os turistas visitam a Islândia apreciar uma paisagem exótica de geleiras congeladas, áreas geotérmicas fumegantes e enormes desertos de areia preta, o perigo sempre ronda os aventureiros.

Bear Grylls mostra como construir uma caverna de neve, localizar água em túneis profundos e proteger-se contra queimaduras pelo frio no ambiente ártico. Com a escassez de alimentos sendo um desafio, ele é obrigado a consumir o globo ocular de uma ovelha e capturar um lagópode, uma ave selvagem. Além disso, enfrenta nevascas e ventos de 80 km/h enquanto busca alcançar um local seguro.

Explorando a paisagem vulcânica da Islândia, Grylls demonstra como lidar com terrenos vulcânicos e condições adversas, demonstrando que o local mistura gelo e fogo em suas paisagens.

O sucesso do episódio ficou marcado pelo fato de Bear Grylls comer o olho de uma ovelha, uma das cenas emblemáticas que exemplifica as técnicas extremas de sobrevivência demonstradas por Grylls. Ele está em um ambiente ártico ou próximo a regiões geladas, onde a obtenção de alimentos é particularmente desafiadora.

Para sobreviver, Grylls mostra como aproveitar ao máximo os recursos disponíveis na natureza, o que inclui o consumo de partes de animais para obter nutrientes vitais em situações de emergência. Essa prática, embora extrema, é uma demonstração de como Grylls adapta suas habilidades de sobrevivência às condições adversas do ambiente natural.

  • Título original: “Iceland” (T1, ep. 11)
  • 2007
  • Duração: 43min

10- Romênia (Temporada 3, episódio 11)

Bear Grylls

Bear Grylls entra no coração do país do Drácula em um dos melhores episódios de “À Prova de Tudo”, segundo a votação dos telespectadores. Ele vai explorar a floresta da Transilvânia, uma região histórica localizada no centro da Romênia. O local é conhecido por sua rica cultura, paisagens naturais impressionantes e seu legado cultural e histórico.

Mas para Grylls, o cenário que interessa é bem mais desafiador. Lá ele enfrenta terrenos íngremes, explora sistemas cavernosos de águas subterrâneas e tem um encontro próximo com um grande urso pardo adulto.

Um pouco abalado após um encontro com o urso nas montanhas dos Cárpatos, Grylls tem uma ideia. Em resposta, ele constrói um sistema de alarme para alertá-lo caso um urso se aproxime de seu acampamento enquanto ele dorme. Depois disso, mesmo um mergulho subaquático através de um túnel de caverna não o perturba.

Antes que a escuridão na Romênia se intensifique, Bear Grylls monta um perímetro com arame ao redor de seu acampamento e prepara uma armadilha para o café da manhã. É assim o cotidiano desse aventureiro ao longo dos episódios do reality “À Prova de Tudo”.

  • Título original: “Romania” (T3, ep. 11)
  • 20079
  • Duração: 44min

Ao extremo de tudo

Bear Grylls enfrenta o frio da Siberia (Imagens: Reproduçao)

Se o seu episódio favorito não está na lista entre os melhores episódios de “À Prova de Tudo”, é porque são inúmeros casos que desafiam até os mais corajosos. Como não citar as cenas em que Bear Grylls saboreia uma larva gigante de besouro rinoceronte, que explode na boca? Ou quando ele explica que “beber o líquido do cocô fresco de um elefante é algo muito nojento, mas pode salvar a sua vida”?!

Entre polêmicas, controvérsias, com produção ou sem, as 6 temporadas de “À Prova de Tudo” deixou saudades entre os fãs que só ficaram com as reprises do reality, disponíveis no Discovery + e no Amazon Prime Video.

Olhar Digital

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo