Entretenimento

5 fatos que marcaram a história da turnê ‘Amigos’ que você talvez não saiba


Shows sem ‘Evidências’, convidado internacional, homenagem a João Paulo e mudanças após morte de Leandro. Relembre marcos da turnê, que teve show no festival Salve o Sul. Leandro & Leonardo, Chitãozinho & Xororó e Zezé Di camargo & Luciano no show “Amigos”
Acervo Globo
Com quase 30 anos de história, a turnê “Amigos” marcou a história da música sertaneja com a união das duplas Chitãozinho & Xororó, Zezé Di Camargo & Luciano e Leandro & Leonardo.
Mesmo após a morte de Leandro, em 1999, o projeto seguiu bem-sucedido. Rendeu DVDs, CDs e programas especiais. Segundo o cantor Leonardo, ele não chegou ao fim.
“Um show desse tamanho não pode acabar assim”, afirmou o cantor durante a apresentação mais recente do projeto, no dia 10 de junho, em São Paulo. O reencontro marcou o primeiro dia do festival beneficente “Salve o Sul”, organizado para reunir fundos para as vítimas da tragédia que atingiu o Rio Grande do Sul.
Enquanto não há um comunicado oficial sobre a promessa de Leonardo sobre a continuidade do projeto, relembre cinco fatos que marcaram a história do projeto “Amigos”.
Amigos fazem primeiro ensaio antes de voltar ao palco para turnê
‘Evidências’ não era garantida
Na década de 1990, Chitãozinho & Xororó, Zezé di Camargo & Luciano e Leandro & Leonardo se reuniram para uma série de especiais que marcaram a programação de final de ano da TV Globo. Os shows foram exibidos entre 1996 e 1999. E os quatro viraram CDs e DVDs.
Apesar de “Evidências” hoje ser um dos maiores clássicos da música sertaneja, sendo carinhosamente chamado de “hino nacional”, a música só esteve em duas das quatro gravações (1996 e 1997).
As faixas que mais marcaram presença foram “Bailão de Peão” (1996, 1997 e 1999), “Festa de Rodeio” (1996, 1997 e 1999), “Marcas do que se Foi” (1996, 1997 e 1998) e “Você Vai Ver” (1997, 1998 e 1999).
Convidados especiais
Zezé Di Camargo e Luciano cantam com Gian e Giovani durante show “Amigos” de 1997
Globo/Reprodução
No primeiro ano, 1996, os seis artistas se revezavam no palco. Além de seus parceiros oficiais, eles também trocavam de duplas ao longo do show.
Nos três anos seguintes, os “amigos” começaram a receber convidados especiais. Simone, Daniela Mercury, Fábio Jr., Roberta Miranda e as duplas Chrystian & Ralf, Gian & Giovani e João Paulo & Daniel foram alguns dos nomes que subiram ao palco.
A lista de convidados contou com um nome internacional. Em 1998, Billy Ray Cyrus, pai da cantora Miley Cyrus, participou. Ele se uniu a Chitãozinho e Xororó para cantar “Só Meu Coração”, versão nacional do clássico “Achy Breaky Heart”, eternizado na voz de Cyrus em 1992.
Homenagem a João Paulo
Daniel canta em homenagem a João Paulo durante show “Amigos”, em 1998
Globo/Reprodução
Uma das participações foi um marco emocionante para a turnê “Amigos”. Em 1998, terceiro ano do especial, Daniel cantou a “Canção da América”, de Milton Nascimento, em homenagem a João Paulo. O sertanejo havia morrido em setembro daquele ano, em um grave acidente de carro.
Primeiro ano sem Leandro
Os ‘Amigos’ estão de volta! Turnê estreia em Belo Horizonte neste sábado (20).
Reprodução/TV Globo
O quarto ano do “Amigos”, registrado em 1999, foi marcado por uma triste ausência nos palcos. O cantor Leandro morreu em junho daquele ano, após ser diagnosticado com um câncer no pulmão.
Seis meses depois da morte, a reunião entre os sertanejos deu sequência com um tom emocionante e uma série de homenagens.
Os artistas, que usavam camisetas com letras que formavam a palavra “amigos”, trocaram a peça por camisetas iguais nas quais o nome da turnê estava escrito na íntegra.
Retorno da turnê
‘Amigos’ se reúnem para turnê pelo Brasil e dão prévia no Fantástico
Reprodução/Globo
Vinte anos após essa última apresentação, Leonardo, Chitãozinho & Xororó e Zezé di Camargo & Luciano anunciaram o retorno do projeto com uma turnê comemorativa.
Iniciada em 2019, a turnê passou por uma pausa durante a pandemia de coronavírus. Depois de retomado, o projeto teve sua então última apresentação em dezembro de 2023.
Assim como nas apresentações da década de 1990, o projeto rendeu registro em vídeo, além de ganhar um especial de fim de ano na TV Globo.
A abertura do show rememorava a primeira turnê dos sertanejos, tendo “Disparada” como faixa inicial.
Seis meses após essa última apresentação, os cantores se reuniram para um encontro especial e beneficente, em prol das vítimas da tragédia do Rio Grande do Sul.
VÍDEO: ‘Amigos’ abriu festival ‘Salve o Sul’
“Amigos” abrem festival salve o Sul

Matéria: G1 POP & Arte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo