Política

Bolsonaro compara Lula a Fidel por fala sobre Dino comunista

O ex-presidente Jair Bolsonaro (foto) criticou o discurso em que Lula comemorou a aprovação de Flávio Dino pelo Senado para assumir a vaga de Rosa Weber no Supremo Tribunal Federal. 

Durante evento em Brasília, na quarta-feira, 14, o petista disse estar feliz por conseguir colocar, “pela primeira vez na história do país, um ministro comunista na Corte.  

Bolsonaro disse na sexta-feira, 15, durante evento na Assembleia Legislativa do Paraná, que a fala de Lula lembra o discurso do ex-ditador cubano Fidel Castro.

“A gente vê agora a alegria dele, diz que está feliz que colocou um comunista. Me lembro dos discursos do Fidel Castro. Os caras sempre lutam pelo poder. Roubar a liberdade é a mais importante cartada deste povo”, afirmou o ex-presidente.

Bolsonaro também defendeu seu governo e suas posições durante a pandemia de Covid. Disse ainda que “não dá para comparar” Paulo Guedes ao atual ministro da Fazenda, Fernando Haddad, e criticou o número de ministros no governo petista. 

“38 ministérios. Nem ele [Lula] sabe o nome de uma dúzia”, acrescentou.

Durante a abertura da 4ª Conferência Nacional de Juventude, na quarta-feira, Lula afirmou:

“Vocês não sabem como eu estou feliz hoje. Pela primeira vez, na história deste país, nós conseguimos colocar na Suprema Corte deste país um ministro comunista, um companheiro da qualidade do Flávio Dino.”

Dino foi filiado ao PCdoB de 2006 a 2021. No período, ele foi eleito deputado federal e, por duas vezes, governador do Maranhão. Hoje, é filiado ao PSB, pelo qual se elegeu senador em 2022.

Quando integrava o PCdoB, Dino declarou em várias ocasiões à imprensa sua idolatria do comunismo. Em entrevista à TV Brasil em abril de 2015, ele disse que, enquanto “socialista, comunista e marxista”, fazia “o que Lenin recomendava”.

Em janeiro daquele ano, no primeiro mês de seu primeiro mandato no Executivo do Maranhão, o então governador disse: “Sou comunista, graças a Deus”.

Em razão do recesso do Poder Judiciário, Dino tomará posse em 22 de fevereiro.



Matéria: O Antagonista

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo