Saúde

Butantan pede autorização para vacina contra chikungunya – 12/12/2023 – Mônica Bergamo

O Instituto Butantan enviou à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) nesta terça-feira (12) um pedido de registro para uso da vacina contra a chikungunya no Brasil. O imunizante foi desenvolvido pelo órgão em parceria com a farmacêutica franco-austríaca Valneva.

Segundo o instituto, a vacina se mostrou segura e imunogênica em dois ensaios clínicos de fase três realizados no Brasil e nos Estados Unidos. A etapa feita em território nacional foi coordenada pelo Butantan, e o imunizante produziu anticorpos neutralizantes em 98,8% dos adolescentes participantes.

A avaliação da Anvisa será realizada conjuntamente com a Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês). Em novembro, o imunizante foi aprovado pela agência reguladora de alimentos e medicamentos dos Estados Unidos (FDA, na sigla em inglês).

“Os resultados dos nossos ensaios clínicos foram muito positivos. Isso nos deu segurança para entrarmos com o pedido de registro junto à Anvisa. Assim, damos mais um passo para disponibilizar esse importante imunizante para a população”, afirma o diretor do Instituto Butantan, Esper Kallás.

De acordo com boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, foram notificados, até o início de setembro, 143 mil casos prováveis por chikungunya no Brasil, além de 82 mortes confirmadas pela doença.

O vírus que causa a chikungunya é transmitido pelo Aedes aegypti, mesmo mosquito transmissor da dengue e da zika. Febre, manchas avermelhadas, dores nas articulações e na cabeça são alguns dos sintomas da doença. A dor dura alguns dias, mas pode persistir durante meses, até anos.


CLÁSSICO

O maestro João Carlos Martins rege a Bachiana Filarmônica Sesi-SP em concerto de Natal, quatro dias após realizar uma cirurgia de grande porte no quadril. O músico se apresentou ao lado do cantor Péricles no Espaço Unimed, em São Paulo, na noite de segunda (11).

com BIANKA VIEIRA, KARINA MATIAS e MANOELLA SMITH


LINK PRESENTE: Gostou deste texto? Assinante pode liberar cinco acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.

Informação

Folha de São Paulo

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo