Economia

Cartilha da B3 ajuda empresas com exigências da CVM

A B3 lançou uma cartilha para empresas de capital aberto diante das dificuldades em cumprir a exigência da CVM (Comissão de Valores Mobiliários) na hora de apresentar seu relatório de diversidade, equidade e inclusão.

O guia “Mapeando a Diversidade nas Empresas, Desafios e Potencialidade do Censo Corporativo de Diversidade” é resultado de uma parceria com o Instituto Locomotiva e o iO Diversidade.

Nele, as companhias encontram um roteiro para preparem o relatório da forma correta.

A resolução 59 da CVM obriga as empresas abertas a participarem de um censo. O primeiro foi publicado no ano passado.

Desde então, todas as companhias listadas na B3 precisam divulgar informações relativas à identidade de gênero, raça e/ou cor, faixa etária e outros indicadores de diversidade de seus colaboradores e dos integrantes da alta administração.

“O guia indicará o passo a passo para garantir que sua aplicação não seja uma mera formalidade. É fundamental que as companhias olhem os dados com atenção, principalmente para medir resultados. É nosso papel, como a bolsa do Brasil, oferecer insumos para essa evolução”, diz Manuela Alves, superintendente de Desenvolvimento Organizacional, Cultura e Diversidade da B3.

Com Diego Felix

LINK PRESENTE: Gostou deste texto? Assinante pode liberar cinco acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.

Folha de São Paulo

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo