Economia

Chuvas deixam mais de 300 mil clientes sem energia no Rio Grande do Sul

As chuvas intensas que atingiram o Rio Grande do Sul deixaram mais de 300 mil clientes sem energia elétrica, informaram nesta quinta-feira (2) as duas concessionárias com maior operação de distribuição no estado.

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), decretou estado de calamidade pública devido às chuvas que têm atingido o estado e deixaram ao menos 13 mortos e 21 desaparecidos.

A RGE, do grupo CPFL, disse que os temporais, com vento e descargas atmosféricas, deixaram 268 mil clientes sem energia na área da companhia. Do total, cerca de 161 mil (60%) estão em locais sem acesso ou em áreas alagadas, em que a energia foi desligada por segurança.

Continua depois da publicidade

As regiões mais afetadas na área de concessão da RGE são Vale do Taquari (109,6 mil clientes sem energia), Vale do Rio Pardo (31,9 mil), Vale dos Sinos (40,1 mil) e Serra (33,1 mil).

“Mesmo com as dificuldades enfrentadas, com bloqueios de estradas e alagamentos, que não permitem acesso às redes elétricas para atendimento às ocorrências, as equipes da RGE seguem totalmente mobilizadas para restabelecer o fornecimento de energia”, disse a companhia em nota.

Já a CEEE, do grupo Equatorial, afirmou que, no final da manhã, havia 59 mil clientes sem energia em sua área de concessão.

Continua depois da publicidade

As regiões mais atingidas são Sul, Litoral Norte e Metropolitana, incluindo os municípios de São Lourenço do Sul, Balneário Pinhal, Alvorada e a capital, Porto Alegre.

Do total de clientes da CEEE sem energia, aproximadamente 4,5 mil clientes estão desligados por segurança, devido aos alagamentos, segundo a empresa.

A companhia também disse que “em situações dessa magnitude” o acesso a determinados locais fica prejudicado, dificultando o trabalho das equipes.

A distribuidora disse que trabalha para restabelecer a energia elétrica para todos os seus clientes o mais breve possível.

Infomoney

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo