Notícias

Conheça Na Janela, nova padaria artesanal do Higienópolis – 04/01/2024 – Restaurantes

Em tempos de gourmetização, é raro entre as padarias de hoje uma que adote como conceito atender o bairro. Ainda que sua produção tenha assinatura de especialista, é o caso da Na Janela, que abriu no fim de novembro, em Higienópolis.

Como já explica o nome, ela é basicamente composta por uma vitrine que também funciona como balcão —onde o cliente paga, faz e retira o pedido. É uma espécie de janelona rodeada de outros comércios locais, como uma barbearia, bem perto do shopping Higienópolis. Um negócio de rua enxuto, comum em cidades como Paris, que começa a se popularizar como alternativa também em São Paulo.

Não é difícil ver ali o jornalista Luiz Américo Camargo, sócio ao lado dos empresários Fábio Kow e Marie Camicado, famoso entre os padeiros domésticos por ensinar truques nas redes sociais e assinar livros que se tornaram clássicos do tema, “Pão Nosso” (2013; 178 págs.) e “Direto ao Pão” (2019;216 págs.), ambos da editora Panelinha/Senac.

Algumas dessas receitas são oferecidas na padaria, que tem a maior parte da produção fermentada naturalmente. Quando está ali, o próprio Luiz Américo, que foi crítico de restaurantes do jornal O Estado de S. Paulo, apresenta tudo a quem se aproxima.

Para levar para casa há, por exemplo, o pão 100% integral (R$ 23,90); a bengala (R$ 9,90), revisão da baguete que remete a antigas padarias; e o fofíssimo shokkupan, bom para comer com geleia ou fazer sanduíche (de R$ 4,90 a R$ 35, a depender do formato). Pedaços aerados de focaccia (R$ 12,90) também são candidatos a entrar na sacola do cliente.

Com a vitrine cheia, mesmo quem vai com a intenção de levar pães para casa sente a vontade de sentar no banquinho de onde se vê também a produção, com fornadas que saem pela manhã e à tarde.

Dá para pedir itens como croissant (R$ 10), cinnamon roll (R$ 12), cookie (R$ 10) e pão de queijo (R$ 5,90) —alguns deles, vendidos em combo que inclui café coado. Também há receitas pensadas para a comunidade judaica, que tem presença forte na região, como o beigale (R$ 3,90) e a challah, vendida às sextas.

A padaria tem nos planos oferecer fatias de pão de fermentação natural na chapa e sanduíches, para atender a hora do almoço.

Antes de ir, bem ao lado do caixa, ficam geleias, que podem ser acrescidas aos pães para viagem, assim como massas artesanais da marca Due Grani, comandada por José Barattino, que foi chef no restaurante do hotel Emiliano e do complexo italiano Eataly.


Na Janela Padaria Artesanal

R. São Vicente de Paulo, 603, Higienópolis, região central. tel (11) 93393-4824. De seg. a sáb., das 8h às 19h; dom., das 8h às 14h.

Matéria: UOL Notícias

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo