Economia

Copersucar e Geo anunciam parceria para produção de SAF a partir de biogás

A Copersucar e a Geo bio gas&carbon anunciaram nesta quinta-feira (27) a assinatura de um memorando de entendimento com o objetivo de desenvolver tecnologia para conversão de biogás em SAF (Combustível de Aviação Sustentável), segundo comunicado.

Combinando a escala da Copersucar, gigante do setor de açúcar e etanol, com a experiência em tecnologia de produção de biogás/biometano da Geo, o acordo pretende viabilizar a produção de SAF em larga escala no Brasil nos próximos anos, afirmaram as empresas.

O SAF é visto como solução para a aviação comercial descarbonizar suas operações.

“Como parte da parceria, as empresas vão construir uma planta piloto de demonstração comercial com previsão de início da operação em 2025”, afirmaram.

“O projeto para a produção de SAF a partir de biogás/biometano empregará a rota GTL (Gás-para-Líquido ) utilizando a tecnologia de Fischer-Tropsch, processo químico para produção de hidrocarbonetos líquidos verdes a partir de gás de síntese.”

Segundo o comunicado, o SAF produzido a partir do biogás/biometano é um produto de alto valor agregado, baixa pegada de carbono e amplia ainda mais o uso da cana-de-açúcar como fonte de energia renovável.

“Essa parceria pode representar uma nova avenida de crescimento para o ecossistema Copersucar, alinhada à nossa estratégia de prover soluções em escala para a transição energética”, disse o presidente da Copersucar, Tomás Manzano, em nota.

Para o CEO da Geo, Alessandro Gardemann, “as rotas de produção de biogás a partir de resíduos orgânicos são importantes para posicionar o Brasil como produtor e exportador de combustíveis avançados com valor agregado”.

Ele disse que a unidade “já irá nascer com as bases prontas para elevar de maneira rápida a produção ao nível de escala industrial”.

Folha de São Paulo

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo