Tecnologia

Crânio de monstro marinho gigante entra para o Livro dos Recordes

Um crânio de pliossauro de 150 milhões de anos acabou de entrar para o Livro Guinness dos Recordes Mundiais por ser o crânio mais completo do tipo já encontrado. Esses animais eram grandes répteis marinhos que possuíam uma força de mordida que poderia acabar com um tiranossauro rex durante uma luta.

  • O crânio foi encontrado em 2023, em um penhasco a 12 metros de altura 
  • Ele foi descoberto na Praia de Dorset, na Costa do Jurássico, localizada na Canal da Mancha
  • O achado é 95% completo em área de superfície, contendo quase todos os seus ossos e 130 dentes pontiagudos;
  • Ele possui cerca de 2 metros de comprimento e foi achado pelo entusiasta de fósseis Phil Jacobs, depois de encontrar um focinho.
O crânio tem cerca de 2 metros de comprimento (Crédito: Coleção Etches)

Segundo Judyth Sassoon, especialista em plesiossauros da Universidade de Bristol, o crânio contém detalhes astronômicos que só haviam sido encontrados preservados separadamente em outros espécimes.

Leia mais:

As escavações do crânio

Depois que encontrou o focinho no penhasco, Jacobs gravou um vídeo e mandou para Steve Etches, especialista em fósseis e detentor de uma vasta coleção de vestígios do tipo, a Coleção Etches. Após isso, todo o penhasco foi analisado a partir de um drone, onde foi descoberto tudo que era preciso sobre o crânio.

Precisávamos confirmar isso, então isso significava descer o penhasco em cordas para realmente descer e ver. A partir daí, percebemos que ele estava preservado de cabeça para baixo e por isso parecia tão estranho.

Steve Etches, em resposta ao IFLScience

A retirada do fóssil do penhasco foi relatada em programa da BBC chamado Attenborough And The Giant Sea Monster, e nele os pesquisadores por trás do programa relataram como não foi nada fácil a escavação do crânio. Além disso, em comunicado, os paleontólogos também apontaram o quão surpreendente é a descoberta.

Atualmente o crânio se encontra exposto na Coleção Etches, em Kimmeridge, e os pesquisadores acreditam que assim como o crânio, o restante do corpo do pliossauro está esperando para ser descoberto no penhasco.

Tiramos parte da omoplata, alguns dedos das pás e algumas vértebras, que estavam dentro da cabeça e dava para ver que havia mais ossos entrando. Então, tenho certeza de que o animal inteiro está lá.

Chris Moore, especialista em fósseis, em resposta ao IFLScience

Uma campanha de arrecadação está sendo realizada para a realização da segunda fase de escavações do fóssil.

Olhar Digital

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo