Política

Datena ironiza desistências e diz que Lula e Alckmin salvaram o Brasil; veja vídeos

O apresentador José Luiz Datena, 66, se filiou ao PSB de Tabata Amaral nesta terça-feira (19), em Brasília, em uma solenidade que durou cerca de duas horas.

Em seu discurso, ele discorreu espontaneamente sobre dois questionamentos imediatos em relação às articulações para que seja vice da deputada federal na disputa à Prefeitura de São Paulo.

O primeiro, o fato de ter sempre desistido na última hora, nas quatro vezes anteriores em que ameaçou ser candidato, em 2016, 2018, 2020 e 2022.

O segundo, o fato de ter tido uma relação amistosa com Jair Bolsonaro (PL), tendo inclusive sido lançado candidato ao Sendo, por São Paulo, pelo então presidente da República.

Veja o que Datena falou nesta terça-feira sobre esses dois temas:

A solenidade foi realizada na sede nacional do PSB e contou com a presença de congressistas, de Tabata, do vice-presidente Geraldo Alckmin (que se filiou ao PSB para ser vice de Lula), de governadores do partido, do ministro Márcio França (Micro e Pequenas Empresas) e do secretário-executivo do Ministério da Justiça, Ricardo Cappelli.

Na sua fala, Márcio França também fez menção indireta ao histórico de recuos de candidaturas de Datena, afirmando que sempre disse ao apresentador que ele deixasse para procurar o PSB só quando estivesse de fato pronto para ser candidato.

O partido é o décimo da lista de Datena, que inclui PT (de 1992 a 2015), PP, PRP (hoje PRD, resultado da fusão de PTB e Patriota), DEM (hoje União Brasil), MDB, PSL (hoje União Brasil), PSD, PSC e PDT.

Folha de São Paulo

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo