Política

Deputado conhecido como bombeiro em Brumadinho usou verba da Câmara com bife de R$ 400 e vinho

O deputado federal Pedro Aihara (PRD-MG), um bombeiro que ganhou projeção após a tragédia de Brumadinho, foi o parlamentar que mais gastou dinheiro da Câmara dos Deputados com alimentação no primeiro semestre de 2024.

Entre os itens listados em reembolsos estão vieiras, bife de R$ 400 e até vinhos. Ele disse que houve erro técnico de sua equipe ao pedir o ressarcimento do dinheiro gasto com bebidas alcoólicas e também da Câmara, que aceitou parte dos pedidos.

Pedro Doshikazu Pianchao Aihara nasceu em 16 de fevereiro de 1993 e é natural de Belo Horizonte, Minas Gerais.

Em outubro de 2022, Aihara foi eleito deputado federal por Minas Gerais com 89.402 votos. Na época, ele ficou à frente de políticos tradicionais, como Aécio Neves (PSDB), que teve pouco mais de 85 mil votos.

Aihara atuou como bombeiro militar em Minas Gerais por dez anos. Na corporação, também foi porta-voz em grandes operações, como nos trabalhos de buscas por vítimas do rompimento da barragem da Vale, considerado um dos maiores desastres do Brasil.

Justamente por esse trabalho, seu rosto veio à tona em 2019. Na época, em entrevista ao UOL, ele reconheceu que sua imagem acabou aparecendo muito, mas disse que o reconhecimento das pessoas era para a corporação, não para ele.

“Muitas pessoas têm me parado na rua, trazendo carinho, manifestações de apoio”, afirmou na ocasião.

“Em nome da corporação, a gente agradece, fica muito feliz com isso. Mas sempre com essa ressalva que eu falei: eu sei que esse carinho é direcionado ao Corpo de Bombeiros, e não só ao Corpo de Bombeiros, mas a todas as pessoas que estão trabalhando de alguma maneira na tragédia. Pelo simples fato de eu ser visto algumas vezes na televisão ou em outros canais, o pessoal às vezes me vê e quer transmitir isso, falar para mim, porque eles sabem que eu estou lá.”

Folha de São Paulo

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo