Economia

Disputa com aço chinês é desleal e ameaça empregos, diz ArcelorMittal

Geração de empregos em risco. Diante do cenário global, De Paula avalia que o Brasil vai importar mais de 4,5 milhões de toneladas de aço em 2024. Ele calcula que tal produção impede a alocação de 250 mil profissionais em toda a cadeia do aço nacional.

Diálogos com o governo. De Paula afirma que realizou reuniões com membros do primeiro escalão do governo federal na tentativa de aumentar a alíquota cobrada sobre o aço importado pelo Brasil, como ocorre em outros países produtores.

Mais investimentos no Brasil. Apesar dos entraves, o executivo observa que o crescimento recente do setor vai permitir um investimento estimado em R$ 25 bilhões no Brasil nos próximos anos.

Meta de reduzir percentual de gases poluentes. De Paula ressalta que a ArcelorMittal investe nos últimos quatro anos para diminuir em 25% a emissão de poluentes e zerar a emissão de carbono neutro até 2030.

A entrevista foi gravada em 11 de dezembro de 2023. Você pode ver os destaques no vídeo acima ou ouvir a conversa na versão podcast, em plataformas como Spotify, Apple Podcasts e Google Podcasts, entre outras.

Matéria: UOL Economia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo