Economia

Dólar recua frente ao real após atingir maior valor em quase 2 anos

“O movimento do dia está sendo uma queda das bolsas lá fora com os PMIs… Destaque para o fechamento de taxas, que parece estar gerando um dia um pouco mais favorável para moedas emergentes”, disse Victor Beyruti, economista da Guide Investimentos.

Nesta manhã, o dólar acumulava perdas em uma série de mercados emergentes, apesar do avanço frente a moedas de países desenvolvidos, o que influenciava na queda da divisa norte-americana no Brasil.

Os destaques eram as baixas do dólar frente ao peso mexicano, de 0,51%, e ante o rand sul-africano, de 0,44%. As duas moedas vêm apresentando alta volatilidade após resultados eleitorais recentes, que deixaram os investidores incerto sobre o rumo de suas economias.

O movimento era impulsionado por uma maior otimismo dos mercados com a possibilidade de cortes de juros nas economias desenvolvidas, em decorrência de números ruins nos Índices de Gerentes de Compras (PMI) da zona do euro, mostrando desaceleração nas atividades da indústria e de serviços.

Às 10h45 os investidores estarão atentos à divulgação do PMI dos Estados Unidos, a fim de avaliar o estado da economia norte-americana.

O número pode fornecer um novo sinal sobre o futuro da política monetária do Federal Reserve, à medida que os mercados tem projetado um corte de juros em setembro, iniciando um amplamente esperado ciclo de afrouxamento monetário.

Matéria: UOL Economia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo