Economia

Dólar Vai Continuar Subindo?

Aqui, o problema é que o governo gasta mais do que arrecada. “Já se esgotaram as opções do governo para tentar subir a arrecadação. Teve até a volta da taxação das blusinhas. Mas os gastos só aumentam”, diz Bernardo Brites, presidente da Trace Finance, referindo-se ao projeto que prevê a taxação de 20% para compras até US$ 50 (ou R$ 265) em sites e apps chineses. A taxação foi aprovada no Senado na quarta-feira (05). Ainda voltará para a Câmara dos Deputados. Depois, o texto segue para aprovação ou veto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Que valor o dólar pode atingir no ano

Brites aposta que o dólar, até o final do ano, pode ficar entre R$ 5,55 e R$ 5,60. No entanto, o Itaú tem uma previsão mais conservadora. “Mantivemos a nossa projeção de câmbio em R$ 5,15 por dólar até o final de 2024”, publicou o banco em documento para investidores.

Embora a faixa entre R$ 5,15 e R$ 5,30 tenha sido observada recentemente, não há garantias de que ela se manterá.
Sergio Brotto, diretor executivo da Dascam Corretora de Câmbio

Se realmente acontecer uma alta significativa, o Banco Central deve intervir. É o que diz Brotto. O banco faria leilões de venda à vista da moeda estrangeira com o intuito de evitar qualquer movimento brusco sem fundamentos reais.

Ao longo do ano, ainda, o dólar pode voltar a subir. É o que diz Ariane Benedito, economista especialista em mercados de capitais. Para ela, o teto máximo de valorização é de R$ 5,40. “Ainda há espaço para valorizações, conforme algumas situações forem se deteriorando”, afirma ela. Os gastos públicos e os juros americanos são algumas dessas questões.

Matéria: UOL Economia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo