Tecnologia

Dona do TikTok, ByteDance está trabalhando em chip de IA

A ByteDance, empresa chinesa conhecida por ser a dona do TikTok, vem trabalhando em parceria com a americana Broadcom, empresa designer de chips, para desenvolver um chip avançado de IA.

Leia mais:

Duas fontes familiarizadas com o assunto informaram a Reuters sobra a medida, que ajudaria a ByteDance a garantir fornecimento suficiente de chips de IA de última geração em meio às tensões entre EUA e China.

O chip de 5 nanômetros – um produto personalizado conhecido como chip integrado de aplicação específica (ASIC) – estaria em conformidade com as restrições de exportação dos EUA e o trabalho de fabricação seria terceirizado para a TSMC, de Taiwan.

Não houve nenhuma colaboração anunciada publicamente no desenvolvimento de chips entre empresas chinesas e norte-americanas envolvendo tecnologia de 5 nm ou mais avançada desde que Washington introduziu controles de exportação para semicondutores de ponta em 2022. Os acordos EUA-China no setor geralmente dizem respeito a tecnologia muito menos sofisticada.

A parceria da ByteDance com a Broadcom ajudaria a reduzir os custos de aquisição e garantiria um fornecimento estável de chips de última geração. As fontes da Reuters não quiseram ser identificadas devido à sensibilidade das questões de semicondutores na China.

A ByteDance é mais uma empresa a entrar de cabeça na onda das IAs (Imagem: rafapress / Shutterstock)

Contudo, a TSMC não deve começar a fabricar este chip ainda em 2024. Embora o trabalho de design esteja bem encaminhado, o “tapeout” – que marca o fim da fase de projeto e o início da fabricação – ainda não começou.

ByteDance e Broadcom não responderam aos repetidos pedidos de comentários. A TSMC se recusou a comentar.

Tal como muitas empresas globais de tecnologia, a ByteDance lançou um grande impulso na inteligência artificial generativa, mas a empresa e os seus pares chineses têm de lidar com uma oferta muito mais limitada de chips de IA do que os seus homólogos estrangeiros.

China tem dificuldade em conseguir chips mais avançados de IA

  • A maioria dos chipsets avançados da Nvidia, a principal empresa do ramo, estão fora de alcance para a China.
  • Isso ocorre devido aos controles de exportação dos EUA, que visam impedir avanços em IA e supercomputação por parte dos militares chineses.
  • A concorrência pelos chips norte-americanos desenvolvidos especificamente para o mercado chinês, bem como pelos da rival Huawei, um dos poucos fabricantes chineses de aceleradores de IA, é feroz.

ByteDance e Broadcom são parceiros de negócios desde pelo menos 2022. Assegurar chips de IA é crucial para que a ByteDance torne seus algoritmos mais poderosos.

Além do TikTok e da versão chinesa do aplicativo de vídeos curtos chamado Douyin, a ByteDance opera uma série de aplicativos populares, incluindo um serviço de chatbot semelhante ao ChatGPT chamado Doubao, que tem 26 milhões de usuários.

Para apoiar seu impulso de IA, a ByteDance armazenou chips Nvidia. Isso inclui chips A100 e H100 disponíveis antes do início da primeira rodada de sanções dos EUA, bem como chips A800 e H800 que a Nvidia fabricou para o mercado chinês, mas também foram posteriormente restringidos.

A ByteDance também comprou os chips Ascend 910B da Huawei no ano passado, e a empresa chinesa também está atrás de pessoas importantes de outras empresas chinesas de chips de IA.

chip de IA
Um chip de IA mais avançado é crucial para as ambições da ByteDance – Imagem: shutterstock/Gorodenkoff

Olhar Digital

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo