Entretenimento

Dona Ivone Lara revive em álbum ao vivo póstumo com gravação de show apresentado há 25 anos em São Paulo | Blog do Mauro Ferreira

Espécie de best of do cancioneiro refinado da compositora, pioneira dos terreiros do samba, a seleção musical inclui joias como Liberdade (Ivone Lara e Délcio Carvalho, 1977), Sorriso de criança (Ivone Lara e Délcio Carvalho, 1979), Mas quem disse que eu te esqueço? (Ivone Lara e Hermínio Bello de Carvalho, 1981), Tendência (Ivone Lara e Jorge Aragão, 1981), Candeeiro de vovó (Ivone Lara e Délcio Carvalho, 1996) – a música mais recente do roteiro na época – e Sorriso negro (Jorge Portela, Adilson de Barro e Jair de Carvalho, 1981), samba que, embora não tenha sido composto por Dona Ivone, ficou imortalizado na voz dessa artista que somente conseguiu se impor como cantora na segunda metade da década de 1970.

Matéria: G1 POP & Arte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo