Notícias

É falso que Daniel Alves morreu em presídio na Espanha

Autor disse que foi um mal-entendido. Após a repercussão na imprensa, o autor do texto se retratou e afirmou que estava comentando sobre a suposta morte de um primo. “Gente, pelo amor de Deus, que repercussão é essa? Estou me referindo ao meu primo Danielzinho de Nova Iguaçu que tava sumido, mas já achei ele com vida”, justificou-se na rede social.

Informação falsa foi verificada pelo jornal esportivo espanhol Marca. Na reportagem (aqui), o periódico também divulgou que a notícia da morte de Daniel Alves é apenas um boato. Um dos argumentos apresentados pelo jornal foi uma publicação do irmão do ex-jogador Ney Alves em que ele critica o compartilhamento da peça desinformativa. “Ele já foi condenado. Isso não é suficiente? Não é suficiente. Agora a loucura é que eles o querem morto. Como você pode ser tão cruel?”, afirmou nas redes sociais.

Viralização. Nesta segunda-feira (11), a publicação no X que deu origem ao boato das redes sociais soma 7,3 milhões de visualizações, 13 mil curtidas, 6,3 mil compartilhamentos e 1,3 mil comentários.

O conteúdo também foi checado pelo Fato ou Fake.

Condenado por estupro

Daniel Alves foi condenado a 4 anos e 6 meses de prisão pelo estupro de uma mulher de 24 anos. A decisão do Superior Tribunal de Justiça da Catalunha foi divulgada em 22 de fevereiro, 15 dias após o fim do julgamento.

Matéria: UOL Notícias

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo