Economia

Ebitda deve crescer 20% no primeiro trimestre, dizem analistas

Para os analistas do BTG, as estimativas incluem uma receita de R$ 20 bilhões, EBITDA a R$ 6,4 bilhões e lucro de R$ 3,3 bilhões. De acordo com o banco, os números mantiveram o padrão das suas projeções originais, mas indicam uma redução na expectativa de receita líquida para cerveja no Brasil e CAC.

Já os analistas do Citi acreditam que, apesar da esperada queda de volume das cervejas, isso deve se traduzir em um aumento no Ebitda da Ambev a R$ 3,5 bilhões, “um notável” crescimento de 22% no ano contra ano.

Volume de cerveja cresce com Carnaval e demais fatores

Com base nos relatórios dos três bancos, tanto o BofA, como BTG e Citi são construtivos para volumes de cerveja da Ambev.

O BofA prevê um crescimento de 2,5% ao ano nos volumes decerveja no Brasil, destacando um desempenho sólido durante o Carnaval e o clima mais quente como impulsionadores desse crescimento.

No ano, o banco espera uma expansão de 4% ao ano na receita por hectolitro, principalmente devido aos aumentos de preço em 2023, embora parcialmente compensados por impostos estaduais mais altos. A comparação fácil no custo por hectolitro é outro fator positivo.

Matéria: UOL Economia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo