Esporte

Em corrida disputada, Max Verstappen vence GP do Canadá de Fórmula 1

Neste domingo, o piloto da RBR, Max Verstappen, venceu o GP do Canadá de Fórmula 1. O holandês chegou ao seu 60º GP vencido na carreira. Completaram o pódio Lando Norris (McLaren), em segundo, e George Russell (Mercedes), em terceiro. A corrida, que aconteceu sob chuva em maior parte do tempo, contou com bandeiras amarelas e muitas ultrapassagens.

Na volta 17, Verstappen quase ultrapassou Russel, em uma disputa acirrada. Porém, ao errar uma curva, o piloto da RBR viu seu adversário da Mercedes aumentar a distância.

Na volta 20, na entrada 13, após longa perseguição, Lando Norris ultrapassou Verstappen, e, em seguida, na volta 21, passou Russel e assumiu a liderança. O piloto da Mercedes, antes líder, errou em uma curva e foi parar na terceira posição, com Verstappen tomando a segunda colocação.

Na volta 25, Sargeant derrapou na curva 4 e deu início a segunda bandeira amarela. Com isso, o safety car entrou na pista. Depois de algumas voltas, o carro do piloto da Williams foi retirado e ele deixou o GP.

Após ir aos boxes, Lando Norris foi ultrapassado por Verstappen e voltou em terceiro. Líder, o piloto da RBR comandou a classificação até o final do GP.

A terceira bandeira amarela foi acionada na volta 53. Sainz, da Ferrari, e Albon, da Williams, bateram e o safety car voltou. Após algumas voltas, foi a vez de Pérez, da Ferrari, bater sozinho no muro e deixar o GP. Na volta 67, Yuki Tsunoda, da VCARB, derrapou e acionou a última bandeira amarela.

Confira a classificação final do GP do Canadá de Fórmula 1:
1 –  Max Verstappen (RBR)
2 – Lando Norris (McLaren)
3 – George Russell (Mercedes)
4 – Lewis Hamilton (Mercedes)
5-  Oscar Piastri (McLaren)
6 – Fernando Alonso (Aston Martin)
7 – Lance Stroll (Aston Martin)
8 – Daniel Ricciardo (RB)
9 –  Esteban Ocon (Alpine)
10 – Pierre Gasly (Alpine)
11 – Nico Hulkenberg (Haas)
12 – Kevin Magnussen (Haas)
13 – Valtteri Bottas (Sauber)
14 – Yuki Tsunoda (RB)
15 – Guanyu Zhou (Sauber)

Não concluíram: Carlos Sainz (Ferrari), Alex Albon (Williams), Pérez (RBR), Leclerc (Ferrari) e Sargeant (Williams).

 




Gazeta Esportiva

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo