Economia

Empresa lança ‘UberCóptero’ ligando Faria Lima ao aeroporto por R$ 2.500

A melhor rota é feita por meio do aplicativo, que vai determinar como deve ser feito o trajeto. Para isso, é utilizado um sistema de inteligência artificial para definir o momento ideal de levar o passageiro de casa até o heliponto e em qual helicóptero embarcar, por exemplo.

Uma equipe busca as malas do passageiro em casa com antecedência. Devido ao peso, geralmente, a bagagem segue por via terrestre até o destino.

Próximo ao horário da decolagem do helicóptero, o cliente é buscado em casa em carros de luxo e levado até o heliponto da empresa na região da avenida Faria Lima. O voo dura cerca de 10 minutos, e, caso o destino seja o aeroporto de Guarulhos, o local de pouso e decolagem é o terminal executivo.

Dali, é possível seguir por dois caminhos: Um, por fora do aeroporto, levando o passageiro até o terminal de embarque para passar pelos aparelhos de raio-X e pelos trâmites de migração. O outro é seguir por dentro do terminal aeroportuário, indo diretamente para o portão de embarque.

Escolha depende do que for mais rápido e mais viável para o cliente, afirma Welsh.

UOL testou o serviço

Sala de espera da Revo em prédio na região da Avenida Faria Lima, em São Paulo
Sala de espera da Revo em prédio na região da Avenida Faria Lima, em São Paulo Imagem: Alexandre Saconi

A convite da Revo, o UOL testou o serviço oferecido pela empresa. No voo realizado no final de dezembro, cheguei diretamente no heliponto localizado na avenida Faria Lima na esquina com a avenida Juscelino Kubitschek.

Matéria: UOL Economia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo