Economia

Gympass anuncia novo nome e quer ser conhecido como app de bem-estar

A marca não divulga o valor investido na mudança de nome e de posicionamento. Siqueira conta que quando se encontrava com clientes para oferecer os serviços do Gympass, precisava explicar que a empresa oferecia outros serviços além dos passes de academia. “Sempre que chegávamos nos clientes explicávamos que somos mais do que uma plataforma de academia. Vamos colocar um nome que reflita o que a gente entrega”, afirma a executiva.

Hoje a empresa tem 55 mil parceiros nas áreas de fitness, mindfulness, terapia, nutrição e sono. Até o final de fevereiro, a companhia tinha 2,7 milhões de assinantes, um aumento de 37% em relação ao ano anterior, com 15 mil clientes corporativos.

O foco da empresa é atingir as pessoas que não têm o hábito de fazer atividades físicas ou se preocupar com o bem-estar. O maior desafio será comunicar o novo nome e fazer ele “pegar”, mas Siqueira diz que estão “animados” com a novidade. A mudança aos usuários nos aplicativos será feita a partir do dia 6 de maio.

Fizemos uma pesquisa muito ampla antes, todos gostaram da novidade. De qualquer forma, mudar o nome não é uma coisa tão trivial, dado que Gympass é uma marca muito forte. Nosso cuidado é para que isso seja feito de forma transparente e que deixe todo nosso ecossistema [de parceiros] confortável.
Priscila Siqueira, CEO do Wellhub

O que muda

Hoje a empresa já oferece diversos serviços além do acesso a academias. Na nova plataforma, haverá opções para atividades físicas, mindfulness, terapia, nutrição e qualidade do sono. Uma das novidades é a inserção de um “wellness coach”, uma pessoa responsável por ajudar o usuário a entender o que ele precisa fazer para atingir seus objetivos.

Matéria: UOL Economia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo