Tecnologia

Hackers usaram falha na Microsoft para roubar dados dos EUA

Recentemente um relatório dos Estados Unidos apontou que uma série de falhas na Microsoft permitiu que hackers chineses acessassem e-mails da Casa Branca. Agora, os EUA afirmaram que dados da Casa Branca foram roubados por cibercriminosos ligados ao governo da Rússia.

Leia mais

malwares
Hackers teriam ligação com o governo russo (Imagem: Who is Danny/Shutterstock.com)

Nova falha de segurança da Microsoft

A Agência de Segurança Cibernética e de Infraestrutura norte-americana disse que hackers russos tiveram acesso a e-mails trocados entre funcionários da Casa Branca e a Microsoft. O órgão fez um alerta de que os cibercriminosos estavam explorando detalhes de autenticação para tentar invadir os sistemas de clientes da empresa, incluindo os de um número não especificado de agências governamentais.

Nos últimos dias, o governo dos Estados Unidos acusou a Microsoft de ter cometido uma série de falhas de segurança que resultaram em um ataque cibernético bem sucedido em julho do ano passado. Naquela oportunidade, os hackers teriam ligação com o governo chinês.

Desta vez, não foram informados possíveis alvos dos roubos de dados. A Microsoft se limitou a dizer que trabalha para investigar e evitar novos casos do tipo. Além disso, atua na criação de uma diretiva de emergência para fornecer orientação às agências governamentais.

O governo da Rússia já negou no passada ter qualquer ligação com hackers. As autoridades do país, no entanto, não se pronunciaram oficialmente sobre a mais recente acusação. As informações são da Reuters.

Microsoft
Hackers teriam se aproveitado de falha de segurança no sistema da Microsoft (Imagem: HJBC/Shutterstock)

Roubo de código-fonte

  • A Microsoft confirmou no mês passado ter sido alvo de um ataque hacker promovido por cibercriminosos russos.
  • A empresa disse que identificou um acesso desconhecido ao seu sistema de senhas e que e-mails de vários executivos e outros funcionários foram invadidos.
  • Os cibercriminosos conseguiram roubar também um código-fonte da empresa.
  • Não há, no entanto, nenhuma confirmação de que este ataque possa ter ligação com os dados vazados do governo dos Estados Unidos.

Olhar Digital

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo