Economia

Houve politização indevida do leilão de arroz

Houve uma politização indevida desse assunto. Por que? O governo passado [de Jair Bolsonaro], baixou as tarifas de importação de arroz e foram importadas 400 mil toneladas e não se falou um A. Me lembro que até os produtores de arroz protestaram, mas [essa manifestação] foi feita sem esse buxixo todo. Paulo Teixeira, ministro do Desenvolvimento Agrário

O edital antigo levantou suspeita de corrupção. O ministro disse que problemas apresentados vão ser corrigidos e contou quando tomou conhecimento do ocorrido.

O que talvez na modernização do edital vá ter que ser exigido? Qualquer conflito de interesse tem que ser avisado à empresa. Isso vai ser exigido: todo mundo que tiver conflito de interesse terá que avisar a Conab, isso vai tá no novo edital. Logo, quando você detecta o problema, (…) você tem que agir corretamente, foi o que nós fizemos. Na medida em que nós detectamos o problema, o presidente Lula hoje de manhã determinou o cancelamento do leilão. Paulo Teixeira, ministro do Desenvolvimento Agrário

Quando tomamos conhecimento desse problema? Sábado. (…) Em dois dias tomamos uma providência. Você acha que isso é um problema? Acho que é mérito. (…) Tendo qualquer problema, cabe ao governo agir e agir com rapidez. Eu e o Fávaro estávamos na China com a comitiva do vice-presidente Geraldo Alckmin. Tomei conhecimento no sábado as 18 horas, liguei para o presidente da Conab e ele me falou tudo [que aconteceu no leilão]. Paulo Teixeira, ministro do Desenvolvimento Agrário

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em duas edições: às 10h com apresentação de Fabíola Cidral e às 17h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

Quando: De segunda a sexta, às 10h e 17h.

Matéria: UOL Economia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo