Economia

Ibovespa Ao Vivo: Bolsa sobe com PETR4 e grandes bancos; VALE3 oscila

Ao Vivo - Acompanhe a Bolsa em tempo real: Ibovespa sobe

Ibovespa hoje

  • Ibovespa sobe aos 129,5 mil pontos, dólar comercial cai a R$ 5 e juros futuros recuam.
  • Na espera por novas informações sobre troca de CEO e dividendos extraordinários, Petrobras (PETR4) avança 1%. Análise técnica aponta tendência de alta, mesmo com incertezas no ar.
  • Vale (VALE3) tem dia de volatilidade com corte de preço-alvos de UBS BB e BofA, enquanto o minério de ferro subiu 5% em Dalian.
  • Focus: projeções para IPCA e PIB sobem para 2024 e 2025.

Confira as últimas dos mercados

update 11h00

Dow Jones vira para queda, com 0,15%

S&P 500 e Nasdaq seguem com leves altas: 0,07% e 0,34%, respectivamente.

update 10h56

Índice Small Caps (SMLL) sobe 0,74%, aos 2.248,83 pontos; maiores altas são IFCM3 (+9,88%) e TEND3 (+7,18%)

update 10h54

Lula: quando a gente fala em transição energética e em transição climática, ninguém compete com o Brasil, podemos estar próximos de uma revolução de desenvolvimento econômico neste país

update 10h53

Lula: vamos ser imbatíveis na transição energética

update 10h51

Ifix, índice de fundos imobiliários, sobe 0,04%, aos 3.423,13 pontos

update 10h48

Lula: até 2030, nós vamos anunciar ao mundo o desmatamento zero neste país, um compromisso por conta e risco nosso

update 10h47

Governo lança programa de R$730 milhões para combater desmatamento e incêndios na Amazônia

O governo federal anunciou nesta terça-feira um programa com investimentos de 730 milhões de reais para promover o desenvolvimento sustentável e combater o desmatamento e incêndios florestais em 70 municípios prioritários na Amazônia. Os municípios aptos a participar da iniciativa foram responsáveis por cerca de 78% do desmatamento no bioma em 2022, de acordo com o Ministério do Meio Ambiente. “Os recursos serão destinados a ações nos municípios a partir da lógica do ‘pagamento por performance’: quanto maior a redução anual do desmatamento e da degradação, maior o investimento”, disse o ministério em comunicado. (Reuters)

update 10h45

Lula: manter a floresta em pé é um ganho econômico muito maior do que o gado, não que o gado não seja importante

O presidente da República participa do lançamento do programa União com os Municípios pela Redução do Desmatamento e Incêndios Florestais.

update 10h42

Sabesp (SBSP3) vai reajustar as tarifas em 6,45%

Reajuste passa a vigorar em maio e irá vigorar até 1º de janeiro de 2026 em caso de privatização.

update 10h37

Dólar tem queda em meio a novo avanço do minério de ferro e antes de dados de inflação dos EUA

O dólar tem queda frente ao real nesta terça-feira, estendendo movimento da véspera em meio a nova alta do minério de ferro, enquanto investidores aguardavam dados de inflação norte-americanos na quarta, que podem influenciar a decisão do Fed sobre quando cortar os juros. Agora, recua 0,43%, a R$ 5,008. Na B3, os contratos de dólar futuro caem 0,38%, aos 5.018,00 pontos. Sustentando a moeda brasileira, os contratos futuros do minério de ferro ampliaram os ganhos pela segunda sessão consecutiva nesta terça-feira, sustentados por esperanças crescentes de melhora na demanda da China, maior mercado consumidor do produto, nas próximas semanas. “O preço do minério de ferro trouxe impacto positivo para a Vale, que se valorizou mais de 5% e empurrou o Ibovespa como um todo (na véspera)”, explicou Matheus Massote, especialista em câmbio da One Investimentos. Segundo ele, “essa maior atratividade do mercado de capitais beneficia nosso fluxo estrangeiro”, apoiando o real. (Reuters)

update 10h32

Em dia de volatilidade, ações de Vale (VALE3) voltam a cair, agora com -0,33%, a R$ 62,73

Pesam sobre as ações de Vale hoje o corte de preço-alvo feito pelo UBS BB, que reduziu o preço-alvo de ADRs de US$ 15 para US$ 13 e manteve a recomendação neutra. O BofA também fez alterações para Vale: cortou a recomendação para underperform, e reduziu o preço-alvo de US$ 18 para US$ 14. Por outro lado, o minério de ferro negociado na bolsa de Dalian subiu 5,63%.

update 10h31

Principais índices em Nova York abrem dia com leves altas

Investidores em Wall Street seguem em posição de espera pelas leituras dos índices de preços ao consumidor (CPI, na quarta) e ao produtor (PPI, na quinta) de março. Há quem se mostre otimista, com cautela: “se o CPI for uma surpresa e continuar a aumentar as expectativas de inflação, acho que é aí que se torna perigoso para as ações”, disse à CNBC Anastasia Amoroso, estrategista-chefe de investimentos da iCapital.

  • Dow Jones: +0,25%
  • S&P 500: +0,42%
  • Nasdaq: +0,54%
update 10h30

Ibov renova máxima, com +0,58%, aos 129.608,11 pontos

update 10h28

Vale (VALE3): UBS BB corta preço-alvo de ADR de US$ 15 para US$ 13 e mantém recomendação neutra

update 10h28

Ações de Vale (VALE3) voltam a subir 0,13%, a R$ 63,05

update 10h24

Coreia do Sul investirá US$7 bi em IA para manter vantagem em chips

O presidente da Coreia do Sul, Yoon Suk Yeol, disse nesta terça-feira que seu país investirá 9,4 trilhões de wons (6,94 bilhões de dólares) em inteligência artificial até 2027, como parte de esforços para manter uma posição de liderança global em chips de ponta. O anúncio, que também inclui um fundo separado de 1,4 trilhão de wons para promover empresas de semicondutores voltados para aplicações de IA, ocorre no momento em que a Coreia do Sul tenta se manter a par de países como Estados Unidos, China e Japão, que também estão dando apoio político maciço para fortalecer suas cadeias de produtores de chips. Os semicondutores são um alicerce fundamental da economia sul-coreana voltada para a exportação. Em março, as exportações de chips atingiram o valor mais alto em 21 meses, chegando a 11,7 bilhões de dólares, ou quase um quinto do total de exportações da quarta maior economia da Ásia. (Reuters)

update 10h22

Zamp (ZAMP3): Banco reduz preço-alvo de R$ 5,50 para R$ 3,25/ação e mantém recomendação equal-weight

O Morgan Stanley afirma ter visibilidade limitada para a Zamp (ZAMP3), com ação com baixa liquidez, embora reconheça que ela está sendo negociada próxima ao cenário de baixa.

update 10h20

CSN (CSNA3) passa a operar entre perdas e ganhos; no momento, queda de 0,07%

update 10h20

Prévia: Alta do IPCA deve ter sido moderada em março

Os aumentos dos preços ao consumidor no Brasil provavelmente permaneceram moderados em março, mas alguns serviços continuaram a apresentar altas preocupantes, levando os economistas a esperar que uma desinflação mais rápida venha de alimentos e outros bens, mostrou uma pesquisa da Reuters. No mês passado, a variação em 12 meses do IPCA provavelmente caiu para mais perto do centro da meta oficial para 2024, que é de 3% com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual, passado o efeito sazonal dos custos de educação. A expectativa é de que o IPCA registre um avanço de 4,01% nos 12 meses até março, com uma taxa mensal de 0,25%, de acordo com a mediana das estimativas de 23 economistas entrevistados entre 3 e 9 de abril. Em fevereiro, as altas haviam ficado respectivamente em 4,5% e 0,83%. O IBGE divulgará os dados de março do IPCA na quarta-feira. “Destacamos uma alta esperada nos serviços subjacentes (0,50%), que continuam como uma fonte de risco para nossa projeção do ano e deverão começar a desacelerar apenas a partir de abril”, disse o economista do Banco Santander Adriano Valladão Pires Ribeiro. (Reuters)

update 10h19

Ibov sobe acima dos 129 mil pontos com bancos e PETR4

O Ibovespa abre o dia em alta, com +0,32%, aos 129.274,39 pontos, às vésperas de dados de inflação ao consumidor dos EUA e Brasil. No cenário nacional, investidores acompanham a participação de membros do alto escalão do Banco Central, em evento da autarquia, em São Paulo. Na espera por novas informações sobre troca de CEO e dividendos extraordinários, Petrobras (PETR4) avança 1%. Análise técnica aponta tendência de alta, mesmo com incertezas no ar. Diante da alta de 5% do minério de ferro, Vale (VALE3) começou o dia em alta, mas virou para queda de 0,49%. Sobem ainda os grandes bancos, companhias aéreas, de educação, frigoríficas, siderúrgicas e as varejistas. Operam mistas as construtoras e as petroleiras juniores. O dólar comercial cai e volta a R$ 5, enquanto os juros futuros (DIs) recuam por toda a curva. O Boletim Focus divulgado hoje mostra que as projeções para a inflação e PIB de 2024 voltaram a subir. Em Wall Street, índices futuros dos EUA operam mistos, com todas as expectativas voltadas para divulgação do Índice de Preços ao Consumidor (CPI) de março amanhã. O indicador vai fornecer mais informações sobre como a política monetária do Federal Reserve (Fed) tem afetado a inflação americana, e trazer novas perspectiva quanto ao ciclo de juros nos EUA. (Felipe Alves)

update 10h17

CVC (CVCB3) recua nesta abertura: -0,75%, a R$ 2,65

A CVC (CVCB3) anunciou que foi iniciado o processo de transição de José Carlos Wollenweber Filho com relação aos cargos de Diretor de Finanças, de Relação com Investidores da Companhia e de Governança Corporativa e Compliance, para ser substituído por Felipe Pinto Gomes para os cargos de Diretor Financeiro (CFO) e de Diretor de Relação com Investidores da companhia, o qual tomará posse dos respectivos cargos em 1º de maio de 2024; e por Karin Regina da Rocha Demarques Cruz, para o cargo de Diretora de Governança Corporativa e Compliance, a qual toma posse do respecitvo cargo na data de hoje.

update 10h16

Varejistas apresentam ganhos no início da sessão: AMER3, +1,79%; ARZZ3, +0,92%; BHIA3, +0,71%; LREN3, +0,47%; MGLU3, +1,69%; PETZ3, +0,75%; SOMA3, +1,20%; CEAB3, +0,97%

update 10h14

Vale (VALE3) vira para queda, com 0,25%, a R$ 62,81

update 10h13

Supermercadistas abrem sessão com altas: ASAI3, +0,35%; CRFB3, +0,80%; GMAT3, +0,24%; PCAR3, +1,92%

update 10h13

Hapvida (HAPV3) começa sessão com mais 1,00%, a R$ 4,05, máxima do dia

update 10h12

Frigoríficos avançam nesta abertura: BEEF3, +0,76%; BRFS3, +1,37%; JBSS3, +0,88%; MRFG3, +2,26%

update 10h11

Siderúrgicas começam sessão com altas: CSNA3, +0,72%; GGBR4, +0,35%; GOAU4, +0,55%; USIM5, +1,14%

update 10h10

Petro juniores começam dia com ganhos: ENAT3, +0,80%; PRIO3, +0,32%; RECV3, +0,90%; RRRP3, +1,03%

update 10h09

Aéreas abrem dia com ganhos: AZUL4 sobe 1,13% e GOLL4 avança 1,30%; EMBR3 tem mais 0,12%

update 10h09

Ibovespa sai dos leilões com alta de 0,50%, aos 129.502,40 pontos, máxima do dia

update 10h08

Banco Central informa primeira parcial PTAX com compra a R$ 5,0091 e venda a R$ 5,0097

update 10h07

Grandes bancos têm nova abertura com ganhos: BBAS3, +0,85%; BBDC4, +0,62%; ITUB4, +0,39%; SANB11, +0,64%

update 10h06

B3 (B3SA3) recua 0,58%, após derrota bilionária no CARF

update 10h06

Petrobras (PETR3 PETR4) abre com mais 0,30% e 0,70%, respectivamente

update 10h05

Vale (VALE3) abre dia com alta de 0,78%, a R$ 63,48, após os fortes ganhos de mais de 5% ontem

update 10h03

Empresas de infraestrutura viária em alta nesta abertura: CCRO3, +0,29%; ECOR3, +0,37%; HBSA3, +0,95%

update 10h02

Eletrobras (ELET3 ELET6) abre dia com quedas de 0,77% e 0,58%, respectivamente

update 10h01

Ibovespa abre, preliminarmente, com queda de 0,01%, aos 128.846,29 pontos

update 9h54

Dólar comercial renova mínima, com -0,43%, a R$ 5,008

update 9h53

Índice EWZ sobe 0,65% na pré-abertura dos EUA

update 9h49

Banco relaciona dados que apontam aumento de demanda na China por minério de ferro

O Bradesco BBI relaciona maior utilização da capacidade dos auto-fornos na China na última semana; elevação na produção de aço entre os membros da CISA (associação de ferro e aço) e melhoria contínua nas margens das siderúrgicas chinesas. No Brasil, os preços domésticos do aço permaneceram estáveis, mas o BBI crê que os riscos para os preços estão inclinados para cima (particularmente para aços longos).

update 9h48

PETR4: tendência segue de alta às ações da Petrobras, mesmo com incertezas no ar

Ação segue com ganhos no acumulado de março e de 2024; confira os pontos de suporte e resistência.

update 9h43

Treasuries nos EUA operam com quedas por toda a curva de vencimentos

Confira os vencimentos mais observados:

  • Título de 2 anos: -0,030 pp, a 4,759%
  • Título de 10 anos: -0,038 pp, a 4,386%
update 9h39

Companhias aéreas enfrentam dificuldades com falta de aviões

O setor aéreo global está enfrentando para a temporada de férias de meio de ano, com a expectativa de que a demanda por viagens ultrapasse os níveis anteriores à pandemia, enquanto as entregas de aeronaves caem drasticamente devido a problemas de produção na Boeing e na Airbus. As companhias aéreas estão gastando bilhões de dólares trabalhos de manutenção de aeronaves para continuarem voando com jatos mais antigos e menos eficientes em termos de consumo de combustível e pagando um prêmio para garantir aeronaves adicionais de locadores. Algumas transportadoras ainda estão sendo forçadas a reduzir seus horários para lidar com a falta de aviões disponíveis. Ao mesmo tempo, o número de viajantes em todo o mundo deve atingir níveis históricos, com a expectativa de que 4,7 bilhões de pessoas viajem em 2024, em comparação com 4,5 bilhões em 2019. “Podemos esperar um forte desempenho das companhias aéreas durante todo o verão, com algumas tarifas aéreas particularmente altas”, disse John Grant, analista sênior da empresa de dados de viagens OAG. (Reuters)

update 9h36

Em 2 meses, canal de WhatsApp do InfoMoney já é o maior no segmento financeiro

Confira como se juntar aos 400 mil seguidores do canal de WhatsApp do InfoMoney para receber as notícias mais importantes do dia, além dos nossos destaques multiplataforma.

update 9h34

Ibovespa: ganhou fôlego

O Ibovespa conseguiu subir, se afastou do suporte e ganhou um fôlego no último pregão. O cenário, porém, ainda está travado dentro do intervalo entre 124.800 e 131.700 pontos, relata o Itaú BBA. Para acionar compras a curto prazo, o patamar de 131.700 pontos precisa ser superado, explica o banco.

Fonte: Itaú BBA / Broadcast

update 9h34

Ibovespa futuro amplia alta, com +0,62%, aos 129.780 pontos

update 9h32

Elon Musk volta a chamar Moraes de ditador e diz que ministro tem Lula na coleira

Em novas mensagens publicadas no X (antigo Twitter), bilionário diz que Lula foi eleito presidente com a ajuda de Alexandre de Moraes e que “não tomará nenhuma atitude contra ele”.

update 9h26

XP: Oportunidades de swing trade para hoje, por Gilberto Coelho

C ou V Ativo Gatilho Alvo Loss Motivo Alvo (%) Loss (%) Lim Entrada
Compra JBSS3 21,36 23,64 20,49 MM200 10,67 -4,07 21,57
Compra BPAN4 9,35 10,54 8,99 Engolfo de alta 12,73 -3,85 9,44

 

update 9h21

DIs: juros futuros recuam por toda a curva nesta abertura dos trabalhos

Dia (%) Taxa (%) Variação (pp) Semana (%) Abril (%) 2024 (%)
DI1F25 -0,10 9,960 -0,010 -0,45 0,40 -0,70
DI1F26 -0,40 10,030 -0,040 -0,35 1,31 4,37
DI1F27 -0,53 10,345 -0,055 -0,39 1,82 6,43
DI1F28 -0,51 10,670 -0,055 -0,33 2,01 7,40
DI1F29 -0,55 10,880 -0,060 -0,50 1,97 8,04
DI1F31 -0,54 11,140 -0,060 -0,62 2,01 8,58
DI1F32 -0,44 11,210 -0,050 -0,53 2,09 8,94
DI1F33 -0,53 11,240 -0,060 -0,71 1,81 8,39
DI1F35 -0,62 11,290 -0,070 -0,70 1,90 8,77
update 9h21

Investidores ficam mais otimistas com China e JPMorgan diz: compre opções baratas

Os investidores estão ficando mais otimistas em relação à economia chinesa após dados industriais registrarem a leitura mais elevada em um ano.

update 9h20

ADRs PBRA e PBR da Petrobras sobem, respectivamente, 0,92%, a US$ 15,45, e 0,96%, a US$ 15,79 no pré-mercado

update 9h18

México: inflação ao consumidor em março acelera para 0,29%, ante 0,09% de fevereiro; a expectativa era por alta de 0,36%

Nos 12 meses terminados em março, a inflação ao consumidor subiu 4,42%, abaixo dos 4,50 esperados e praticamente igual aos 4,40% em fevereiro.

update 9h15

Preços dos combustíveis no Brasil seguem com defasagem em relação à paridade internacional, diz Abicom

Petrobras (PETR3;PETR4) anunciou há 172 dias alterações nos preços da gasolina. Sobre o diesel, a estatal determinou um reajuste há 105 dias. A Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis publica o estudo diariamente, de segunda a sexta.

  • Diesel A S10 (média nacional): -12%, ou -R$ 0,48 (ontem: -14% ou -R$ 0,54)
  • Gasolina A (média nacional): -18%, ou -R$ 0,60 (ontem: -19% ou -R$ 0,66)
update 9h14

ADRs da Vale sobem 0,56%, a US$ 12,57, no pré-mercado

update 9h13

Ibovespa futuro amplia alta, com +0,52%, aos 129.670 pontos

update 9h12

Campos Neto: BC coleta dados diariamente de cerca de 170 instituições do mercado; dados são publicados no Boletim Focus semanalmente

Presidente do BC participou há pouco da abertura da Premiação Anual Top 5 2023, promovida pelo Banco Central, na sede da instituição em São Paulo.

update 9h09

Mini-índice com vencimento em abril (WINJ24) começa dia com alta de 0,47%, aos 129.595 pontos

update 9h07

Minidólar com vencimento em maio (WDOK24) começa dia com baixa de 0,27%, cotado a 5.022,00

update 9h05

Dólar comercial abre em queda de 0,21%, cotado a R$ 5,019 na compra e a R$ 5,020 na venda

update 9h01

Dólar futuro abre em queda de 0,10%, cotado aos 5.031,50 pontos

update 9h00

Ibovespa futuro abre em alta de 0,22%, cotado aos 129.290 pontos

update 8h59

Banco viu a temporada de resultados do 4T23 ligeiramente positiva para nomes nacionais

O Itaú BBA avalia que as tendências para a temporada de resultados do 4T23 pareciam semelhantes às dos trimestres anteriores, com respectivas contrações de lucro líquido e Ebitda. Porém, excluindo Petrobras (PETR4) e Vale (VALE3) do Ibov, o lucro líquido e o Ebitda apresentaram expansão anual de 29% e 8%, respectivamente.

update 8h55

Arena Trader XP: Day Trade ao vivo com Leandro Ross e Felippe Aranha

update 8h51

Previsão de demanda de energia de 2024 a 2028 é menor do que agentes do mercado esperavam

A EPE, junto com o ONS e a Câmara de Comercialização de Energia (CCEE), divulgou sua primeira análise de demanda de energia para o período entre 2024 e 2028. Nos últimos meses, a maior parte dos agentes com quem o Itaú BBA teve contato esperava uma revisão mais forte da procura, o que não se concretizou. Além disso, os recursos provenientes da geração distribuída de energia cresceram substancialmente, exercendo ainda mais pressão negativa sobre os preços da energia, relata o banco.

update 8h48

CME/FedWatch: expectativa de redução de juros em junho cai para 48%

5,25%-5,50% 5,00%-5,25% 4,75%-5,00% 4,50%-4,75% 4,50%-4,25% 4,25%-4% 4%-3,75%
1º/05 97,2% 2,8%
12/06 50% 48,6% 1,3%
31/07 31,4% 49,2% 18,9% 0,5%
18/09 11,3% 37,8% 38,3% 12,3% 0,3%
7/11 7,3% 28,3% 38,1% 21,6% 4,6% 0,1%
18/12 2,7% 15,2% 32% 31,9% 15,2% 2,9% 0,1%
update 8h45

Confira o InfoMorning

update 8h44

Índice Dólar DXY cai 0,07%, aos 104,06 pontos

update 8h42

Day Trade Hoje: O que esperar dos minicontratos e do Ibovespa nesta terça-feira

update 8h39

Petrobras (PETR4): Proposta do governo de liquidação de impostos de contratos de afretamento de navios e plataformas pode impactar nos dividendos

O Itaú BBA avalia que se Petrobras (PETR4) aderir ao acordo fiscal, poderá pôr fim a diversas disputas entre a empresa e o sindicato sobre o assunto que totaliza cerca de R$ 44 bilhões. O banco estima que o potencial pagamento a ser feito pela Petrobras em 2024 para liquidar um possível acordo poderia ficar entre R$ 8 e 15 bilhões – implicando impacto de -0,7 pp e -1,4 pp sobre o rendimento de dividendos ordinários do exercício, respectivamente.

update 8h37

B3 (B3SA3) diz que Carf deu decisão desfavorável em caso de ágio no valor de R$ 5,4 bilhões

Segundo a B3, recurso será apresentado à Câmara Superior de Recursos Fiscais do Carf. A B3 reafirma que ágio foi constituído regularmente. Ainda, a B3 afirmou que o Carf decidiu favoravelmente à empresa em caso de investimento na CME e cancelou auto de infração de R$ 1,5 bilhão.

update 8h32

CVC (CVCB3) anuncia novo diretor financeiro

A CVC anunciou que foi iniciado o processo de transição de José Carlos Wollenweber Filho com relação aos cargos de Diretor de Finanças, de Relação com Investidores da Companhia e de Governança Corporativa e Compliance, de modo que esse será substituído por Felipe Pinto Gomes para os cargos de Diretor Financeiro (CFO) e de Diretor de Relação com Investidores da companhia, o qual tomará posse dos respectivos cargos no dia 01 de maio de 2024; e por Karin Regina da Rocha Demarques Cruz, para o cargo de Diretora de Governança Corporativa e Compliance, a qual toma posse do respecitvo cargo na data de hoje.

update 8h30

Focus: projeção para o câmbio permanece em R$ 4,95 para este ano

  • Dólar para 2024: R$ 4,95 (o mesmo da semana passada)
  • Dólar para 2025: R$ 5,00 (igual ao último relatório)
  • Dólar para 2026: R$ 5,04 (sem mudanças)
  • Dólar para 2027: R$ 5,07 (igual ao último boletim)
update 8h29

Focus: projeção para o PIB sobe para 2024 e 2025

  • PIB para 2024: 1,90% (de 1,89% da semana anterior)
  • PIB para 2025: 3,53% (de 3,51% do relatório passado)
  • PIB para 2026: 3,50% (igual há 40 semanas)
  • PIB para 2027: 3,50% (o mesmo por 40 boletins)
update 8h28

Focus: projeção para a Selic permanece em 9% para este ano

  • Selic para 2024: 9,00% (sem mudança há 15 semanas)
  • Selic para 2025: 8,50% (o mesmo há 18 semanas)
  • Selic para 2026: 8,50% (igual nos 36 últimos relatórios)
  • Selic para 2027: 8,50% (sem mudanças)
update 8h26

Focus: projeção para o IPCA sobe para 2024 e 2025

  • IPCA para 2024: 3,76% de 3,75% da semana passada
  • IPCA para 2025: 3,53% de 3,51% do relatório anterior
  • IPCA para 2026: 3,50% (sem alteração)
  • IPCA para 2027: 3,50% (sem mudanças)
update 8h24

Petroreconcavo (RECV3): Reservas divulgadas pela petroleira júnior ficaram estáveis, mas considerando a inclusão do ativo Tiê, é decepcionante

O Morgan Stanley, no entanto, destaca a redução significativa de Capex pela Petroreconcavo (RECV3), indicando que a administração está perseguindo projetos que tenham um nível superior de retorno de investimento. O banco crê que a redução do Capex será mais importante do que as reservas estáveis. O Morgan Stanley tem recomendação equal-weight para a Petroreconcavo, com preço-alvo de R$ 28/ação.

update 8h23

Minidólar (WDOK24) pode manter movimento de baixa, com suporte nos 5.035 pontos

Confira o que esperar para o minidólar nesta terça-feira (09).

update 8h22

Governo transfere da Caixa para Fazenda gestão de dívidas do FGTS em busca de maior recuperação de recursos

O governo está transferindo da Caixa Econômica Federal para o Ministério da Fazenda a gestão de débitos de empregadores com o FGTS em iniciativa que busca ampliar a recuperação dos recursos devidos a trabalhadores, mas que também terá efeito sobre investimentos, já que o dinheiro depositado nas contas do fundo é fonte de financiamento para obras. Nos últimos anos, o fundo conseguiu reaver um volume crescente de recursos de devedores, mas o montante é insuficiente para compensar as novos débitos e a correção de valores já inscritos. A dívida total de empregadores com o FGTS saltou de 47,8 bilhões de reais no início de 2020 — em valor atualizado pela inflação — para 51,4 bilhões de reais neste ano. “A gente percebeu que se colocar o FGTS na mesma trilha da dívida ativa da União, a recuperação de recursos aumenta”, disse o procurador João Grognet, responsável pela gestão da dívida ativa da União e do FGTS na Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN). (Reuters)

update 8h18

Mini-índice (WINJ24) engata alta e tem resistência nos 129.565 pontos

update 8h13

Presidente do BC japonês sinaliza possibilidade de reduzir estímulo monetário

O presidente do Banco do Japão (BOJ), Kazuo Ueda, disse que o banco central deve considerar a possibilidade de reduzir ainda mais o estímulo monetário se a inflação continuar a acelerar, sinalizando a chance de outro aumento da taxa de juros ainda este ano, de acordo com apostas do mercado. Em discurso no Parlamento, Ueda disse que o banco central deve manter a política monetária ultraflexível por enquanto, uma vez que a tendência da inflação ainda não atingiu sua meta de 2%.Mas ele disse que os sólidos aumentos salariais observados até agora nas negociações deste ano provavelmente aumentarão a renda e o consumo das famílias, oferecendo uma visão otimista sobre as perspectivas econômicas do Japão. (Reuters)

update 8h12

Totvs (TOTS3): Banco reduz preço-alvo de R$ 38 para R$ 34/ação, mas mantém recomendação market perform

O Itaú BBA afirma que após um 4T23 fraco, principalmente por causa da subsidiária Dimensa, avalia que o 1º semestre de 2024 provavelmente a Totvs (TOTS3) estará sob pressão com alguns ventos contrários adicionais (principalmente na divisão de gestão de negócios).

update 8h11

Haddad: quem tem de decidir sobre dividendos é Petrobras, mas está bem encaminhado

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT), afirmou, na véspera (8), que cabe à Petrobras a decisão de distribuir ou não os dividendos extraordinários aos acionistas. Haddad ponderou, no entanto, que o tema está bem encaminhado e que a empresa está “robusta”. Os dados sobre o caixa da estatal têm sido levados ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), segundo ele.

update 8h08

Governo enviará propostas da reforma tributária na próxima semana

A regulamentação da reforma tributária sobre o consumo deverá ser enviada na próxima semana ao Congresso Nacional, informou nesta segunda-feira (8) o ministro da Fazenda, Fernando Haddad. Ele reuniu-se com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), o ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, e líderes partidários para discutir a pauta econômica do governo no Congresso.

update 8h06

Barris de petróleo têm leve alta e minério de ferro salta 5%

Os preços do petróleo operam com alta depois que Israel reduziu a presença de suas tropas em Gaza. Israel retirou forças da cidade de Khan Younis, no sul de Gaza, no fim de semana, elevando o número de tropas no enclave para um dos níveis mais baixos desde o início da guerra com o Hamas em outubro passado. As cotações do minério de ferro na China saltaram mais de 5% na sessão de hoje. O contrato mais ativo de minério de ferro para entrega em setembro de 2024 ganhou 43,5 iuanes (cerca de 6,13 dólares) e fechou em 815,5 iuanes por tonelada.

  • Petróleo WTI, +0,10%, a US$ 86,52 o barril
  • Petróleo Brent, +0,18%, a US$ 90,54 o barril
  • Minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve alta de 5,63%, a 815,50 iuanes, o equivalente a US$ 112,76
update 8h04

À espera de novos dados econômicos, bolsas da Europa recuam

Os mercados europeus operam em queda, enquanto agentes do mercado aguardam mais dados econômicos importantes esta semana, incluindo os números da inflação nos EUA divulgados na quarta-feira.

  • FTSE 100 (Reino Unido): -0,01%
  • DAX (Alemanha): -0,89%
  • CAC 40 (França): -0,74%
  • FTSE MIB (Itália): -0,92%
  • STOXX 600: -0,39%
update 8h03

Maioria das bolsas da Ásia fecham em alta de olho na inflação dos EUA

Os mercados asiáticos da Ásia e do Pacífico fecharam majoritariamente em alta, com investidores à espera de novos dados da inflação dos EUA para avaliar a trajetória dos juros básicos americanos. O índice Taiex avançou 1,85% em Taiwan, a 20.796,20 pontos, à medida que a ação da Taiwan Semiconductor Manufacturing (TSMC) saltou 4,6%, a preço recorde, após o maior fabricante de chips do mundo garantir subsídios de até US$ 6,6 bilhões do governo dos EUA para um complexo fabril que está em construção em Phoenix, no Arizona.

  • Shanghai SE (China), +0,05%
  • Nikkei (Japão): +1,08%
  • Hang Seng Index (Hong Kong): +0,57%
  • Kospi (Coreia do Sul): -0,46%
  • ASX 200 (Austrália): +0,45%
update 8h03

EUA: índices futuros têm leve queda antes de novos indicadores

Os índices futuros dos Estados Unidos operam em leve queda nesta terça-feira (9), véspera da divulgação do Índice de Preços ao Consumidor (CPI, na sigla em inglês) de março. O indicador vai fornecer mais informações sobre como a política monetária do Federal Reserve (Fed) tem afetado a inflação americana, e trazer novas perspectiva quanto ao ciclo de juros nos EUA.

  • Dow Jones Futuro: -0,11%
  • S&P 500 Futuro: -0,07%
  • Nasdaq Futuro: -0,08%
update 8h01

Inflação acelera em seis das sete capitais componentes do IPC-S

O IPC-S da primeira quadrissemana de abril de 2024 subiu 0,18% e acumula alta de 2,60% nos últimos 12 meses. Seis das sete capitais pesquisadas registraram acréscimo em suas taxas de variação.

update 8h00

Abertura de mercados

Os índices futuros dos Estados Unidos operam sem direção única nesta terça-feira (9), véspera da divulgação do Índice de Preços ao Consumidor (CPI) de março. O indicador vai fornecer mais informações sobre como a política monetária do Fed tem afetado a inflação. No Brasil, Roberto Campos Neto, presidente do BC, fará discurso de abertura em evento promovido pela autarquia, em São Paulo, a partir das 9h. Além de Campos Neto, Galípolo, Abry Guillen e outros diretores participam da Premiação Anual Top 5 2023.
Já a Petrobras deve seguir no noticiário político sob expectativa de mais dividendo e troca ou não de comando. O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, saiu da reunião de ontem (8) com presidente Lula sem falar com jornalistas. Mais cedo, o ministro havia comentado que a decisão sobre dividendos cabe à Petrobras. Ele ponderou, no entanto, que o tema está bem encaminhado e que a estatal está “robusta”.
update 7h54

Principais índices em Nova York encerraram ontem próximos da estabilidade

Investidores em Nova York operam no modo espera, de olho nos índices de inflação ao consumidor (CPI) e ao produtor (PPI) nos EUA, que saem na quarta (10) e quinta (11), respectivamente. Economistas consultados pela Dow Jones esperam que o CPI, aumente 0,3% no mês passado e 3,5% ano após ano. “A ideia de que as más notícias são boas para o mercado acionário continua”, disse à CNBC Matt Rowe, chefe de gestão de portfólio da Nomura Capital Management. “Grande parte da força das ações é motivada pela esperança de um corte implícito, ou de uma série de cortes nas taxas este ano, que não reduzirá o custo de capital e o valor presente de tudo”.

Dia (%) Pontos
Dow Jones -0,03 38.893,53
S&P 500 -0,04 5.202,47
Nasdaq 0,03 16.253,95
update 7h52

DIs: juros futuros encerraram sessão de ontem de forma mista

Dia (%) Taxa (%) Variação (pp) Negócios Abril (%) 2024 (%)
DI1F25 -0,35 9,970 -0,035 38.500 0,50 -0,60
DI1F26 0,05 10,070 0,005 33.543 1,72 4,79
DI1F27 0,14 10,400 0,015 20.798 2,36 7,00
DI1F28 0,19 10,725 0,020 5.747 2,53 7,95
DI1F29 0,05 10,940 0,005 20.152 2,53 8,64
DI1F31 -0,09 11,200 -0,010 7.829 2,56 9,16
DI1F33 -0,18 11,300 -0,020 2.532 2,36 8,97
DI1F35 -0,09 11,360 -0,010 668 2,53 9,44
update 7h50

Dólar comercial terminou ontem com queda de 0,67%

O dólar interrompeu uma série de três altas seguidas diante do real, em movimento semelhante ao da divisa norte-americana na comparação com as principais moedas do mundo, com o DXY em baixa de 0,14%.

  • Venda: R$ 5,031
  • Compra: R$ 5,031
  • Mínima: R$ 5,026
  • Máxima: R$ 5,075
update 7h48

Maiores baixas, altas e mais negociadas de ontem

Maiores baixas

Ativo Dia (%) Valor (R$) Variação (R$) Negócios Abril (%) 2024 (%)
Braskem BRKM5 -2,84 24,99 -0,73 10.005 -5,34 14,32
GPA PCAR3 -2,61 2,61 -0,07 7.365 -11,82 -35,71
IRB IRBR3 -2,60 41,25 -1,10 11.452 10,44 -6,88
CVC CVCB3 -2,20 2,67 -0,06 11.938 -7,93 -23,71
Alpargatas ALPA4 -1,67 9,43 -0,16 5.705 -1,05 -6,82
PRIO PRIO3 -1,57 49,66 -0,79 2.0119 1,89 7,84
Gol GOLL4 -1,28 1,54 -0,02 2.660 -8,33 -82,83

Maiores altas

Ativo Dia (%) Valor (R$) Variação (R$) Negócios Abril (%) 2024 (%)
Dexco DXCO3 5,85 7,78 0,43 12.947 1,30 -2,76
Usiminas USIM5 5,85 10,50 0,58 21.790 4,90 13,02
Vale VALE3 5,46 62,97 3,26 112.953 3,52 -14,78
CSN Mineração CMIN3 4,71 5,34 0,24 14.905 0,75 -31,21
Magazine Luiza MGLU3 4,09 1,78 0,07 38.523 -1,11 -17,07
Casas Bahia BHIA3 3,98 7,05 0,27 5.611 3,98 -38,05
Bradespar BRAP4 3,92 21,22 0,80 11.668 3,06 -17,30

Mais negociadas

Ativo Negócios Dia (%) Valor (R$) Variação (R$) Abril (%) 2024 (%)
Vale VALE3 112.953 5,46 62,97 3,26 3,52 -14,78
Petrobras PN PETR4 57.017 1,39 38,63 0,53 3,40 3,73
Magazine Luiza MGLU3 38.523 4,09 1,78 0,07 -1,11 -17,07
B3 B3SA3 35.331 1,08 12,13 0,13 1,17 -15,34
Cosan CSAN3 31.219 3,47 15,80 0,53 -2,47 -18,39
Itaú Unibanco ITUB4 29.439 1,50 33,22 0,49 -4,06 1,78
Bradesco PN BBDC4 29.006 0,69 14,62 0,10 2,64 -14,08
update 7h45

Ibovespa fechou ontem com alta de 1,63%, aos 128.857,16 pontos

  • Máxima: 129.178,14
  • Mínima: 126.796,42
  • Diferença para a abertura: +2.053,33 pontos
  • Volume: R$ 19,50 bilhões

Confira a evolução do IBOV durante a semana, mês e ano:

  • Segunda-feira (8): +1,63%
  • Semana: +1,63%
  • Abril: +0,59%
  • 2T24: +0,59%
  • 2024: -3,97%

Acompanhe diariamente a cobertura sobre bolsa, dólar e juros a partir das 8 horas.

Sugestões, dúvidas e críticas entre em contato com o editor de Mercados Ao Vivo do InfoMoney: [email protected].

IM Trader: notícias, análises, vídeos, podcasts e guias no novo canal do InfoMoney sobre Mercados.

The post Ibovespa Ao Vivo: Bolsa sobe com PETR4 e grandes bancos; VALE3 oscila appeared first on InfoMoney.

Infomoney

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo