Economia

INSS começa a pagar aposentadorias com reajuste no dia 25; veja o calendário completo

A partir do dia 25 deste mês, aposentadorias, pensões e demais benefícios do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) serão pagos com o reajuste anual. Quem recebe um salário mínimo terá o aumento acima da inflação, conforme a política de valorização do salário mínimo.

Recebem primeiro os beneficiários de renda previdenciária de até um salário mínimo, em 2024 de R$ 1.412. Depois, são pagos os benefícios maiores, acima do mínimo até o teto previdenciário.

Os depósitos são feitos conforme o número final do benefício, sem considerar o dígito verificador, que aparece depois do traço. Recebem primeiro os aposentados e pensionistas com benefício com dígito final 1.

No calendário de 2024 ainda constam os pagamentos de dezembro de 2023, que são pagos no mês seguinte. Para quem recebe até um salário mínimo, os depósitos referentes a dezembro de 2023 serão feitos até segunda-feira, 8 de janeiro. Já o pagamento referente ao mês de janeiro vai de 25 de janeiro até 7 de fevereiro, quando recebem os segurados com final de benefício terminado em 0.

Os segurados com renda mensal acima do piso nacional terão seus pagamentos creditados a partir de 2 de janeiro, para os que têm cartão final 1 e 6. O pagamento de janeiro será creditado em 1º de fevereiro.

No total, mais de 39 milhões de benefícios serão pagos pelo Instituto, sendo 5.657.745 benefícios assistenciais e 33.379.120 previdenciários. Os números fazem parte da folha de pagamento de novembro. Ainda conforme o levantamento do INSS, o número de pessoas que recebe até um salário mínimo é de 26.168.062. Os que ganham acima do piso nacional somam 12.868.803 pessoas.

Confira o calendário de pagamento do INSS em 2024

Primeiro semestre

Para quem recebe um salário mínimo

Final do benefício Jan/24 Fev/24 Mar/24 Abr/24 Mai/24 Jun/24
1 25/jan 23/fev 22/mar 24/abr 24/mai 24/jun
2 26/jan 26/fev 25/mar 25/abr 27/mai 25/jun
3 29/jan 27/fev 26/mar 26/abr 28/mai 26/jun
4 30/jan 28/fev 27/mar 29/abr 29/mai 27/jun
5 31/jan 29/fev 28/mar 30/abr 31/mai 28/jun
6 01/fev 01/mar 01/abr 02/mai 03/jun 01/jul
7 02/fev 04/mar 02/abr 03/mai 04/jun 02/jul
8 05/fev 05/mar 03/abr 06/mai 05/jun 03/jul
9 06/fev 06/mar 04/abr 07/mai 06/jun 04/jul
0 07/fev 07/mar 05/abr 08/mai 07/jun 05/jul

Para quem recebe acima do salário mínimo

Final do benefício Jan/24 Fev/24 Mar/24 Abr/24 Mai/24 Jun/24
1 e 6 01/fev 01/mar 01/abr 02/mai 03/jun 01/jul
2 e 7 02/fev 04/mar 02/abr 03/mai 04/jun 02/jul
3 e 8 05/fev 05/mar 03/abr 06/mai 05/jun 03/jul
4 e 9 06/fev 06/mar 04/abr 07/mai 06/jun 04/jul
5 e 0 07/fev 07/mar 05/abr 08/mai 07/jun 05/jul

Segundo semestre

Para quem recebe o salário mínimo

Final do benefício Jul/24 Ago/24 Set/24 Out/24 Nov/24 Dez/24
1 25/jul 26/ago 24/set 25/out 25/nov 23/dez
2 26/jul 27/ago 25/set 28/out 26/nov 24/dez
3 29/jul 28/ago 26/set 29/out 27/nov 26/dez
4 30/jul 29/ago 27/set 30/out 28/nov 27/dez
5 31/jul 30/ago 30/set 31/out 29/nov 30/dez
6 01/ago 02/set 01/out 01/nov 02/dez 02/jan/25
7 02/ago 03/set 02/out 04/nov 03/dez 03/jan/25
8 05/ago 04/set 03/out 05/nov 04/dez 06/jan/25
9 06/ago 05/set 04/out 06/nov 05/dez 07/jan/25
0 07/ago 06/set 07/out 07/nov 06/dez 08/jan/25

Para quem recebe acima do salário mínimo

Final do benefício Jul/24 Ago/24 Set/24 Out/24 Nov/24 Dez/24
1 e 6 01/ago 02/set 01/out 01/nov 02/dez 02/jan/25
2 e 7 02/ago 03/set 02/out 04/nov 03/dez 03/jan/25
3 e 8 05/ago 04/set 03/out 05/nov 04/dez 06/jan/25
4 e 9 06/ago 05/set 04/out 06/nov 05/dez 07/jan/25
5 e 0 07/ago 06/set 07/out 07/nov 06/dez 08/jan/25

Os segurados podem consultar os valores no site Meu INSS. Após fazer o login, na tela inicial, clique no serviço de “Extrato de Pagamento”. A consulta também pode ser feita pelo aplicativo Meu INSS, disponível para aparelhos com sistemas Android e iOS.

Caso não tenha acesso à internet, basta ligar para a Central 135. Será preciso informar o número do CPF e confirmar informações cadastrais para evitar fraudes. O atendimento está disponível de segunda-feira a sábado, das 7h às 22h.

Os valores são depositados na conta do beneficiário, seja ela aberta na hora da aposentadoria ou alguma conta-corrente ou poupança que o segurado tenha indicado.

O cidadão que tem conta-benefício deve fazer o saque do dinheiro ou a transferência. Neste modelo, não é possível usar a função débito.

Quem recebe por conta-corrente pode fazer as movimentações bancárias habituais, como pagar contas com o cartão ou por Pix, fazer transferências e demais negociações, assim como quem tem conta-poupança.

CONSULTE SEU EXTRATO DE PAGAMENTO

Pela internet, é possível conferir se está tudo correto com os valores do benefício do INSS ou com a data, além de checar em qual banco ocorrerá o pagamento do benefício

  1. Acesse o Meu INSS com o login e a senha
  2. Clique na opção “Extrato de Pagamento”
  3. Clique no mês desejado
  4. Se desejar imprimir, clique em “Baixar PDF”

Para correntistas do Banco do Brasil e da Caixa também é possível usar os serviços de home banking acessando a opção:

CONFIRA EXTRATO DE EMPRÉSTIMO

O segurado pode consultar mensalmente o Meu INSS para saber se há empréstimos que geram desconto no benefício

  1. Acesse o Meu INSS com o login
  2. Clique na opção “Extrato de empréstimo”
  3. Se recebe mais de um benefício previdenciário, consulte um por vez
  4. A tela vai mostrar as informações do benefício e a margem consignável
  5. Se preferir imprimir, clique em “Baixar PDF”

PEÇA O PAGAMENTO DE BENEFÍCIO NÃO RECEBIDO

Quem não recebeu o pagamento de algum benefício pode solicitar ao INSS os valores não recebidos

  1. Acesse o site do Meu INSS
  2. Faça login no sistema, escolha a opção “Agendamentos/Requerimentos”
  3. Clique em “Novo requerimento”, digite no campo “pesquisar” a palavra “não recebido” e selecione o serviço desejado
  4. O segurado será comunicado se for indispensável o atendimento presencial para comprovar alguma informação
  5. Acompanhe o andamento pelo Meu INSS, na opção “Agendamentos/Requerimentos”

Folha de São Paulo

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo