Saúde

Itaquaquecetuba é o primeiro município de SP a vacinar contra a dengue

Itaquaquecetuba, na região metropolitana de São Paulo, é o primeiro município paulista a começar a vacinação contra a dengue pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Segundo a prefeitura, a Secretaria de Saúde fará a retirada das 10.960 doses da vacina Qdenga e iniciará o a campanha em seguida. A previsão é que os postos comecem a aplicar as doses nesta segunda-feira (19) às 13h.

Poderão se vacinar crianças de 10 e 11 anos acompanhadas pelo responsável legal e que estejam munidas do comprovante de residência e RG.

A vacinação ocorrerá em todas as UBSs (Unidades Básicas de Saúde), de segunda a sexta, das 9h às 16h.

Em outras cidades contempladas pela primeira remessa de imunizantes enviada pelo Ministério da Saúde, como Guararema, Ferraz de Vasconcelos, Mogi das Cruzes, Santa Isabel e Suzano, a vacinação contra a dengue terá início nesta terça-feira (20) para crianças de 10 a 11 anos. Para as demais faixas —até 14 anos— ainda não há previsão. A decisão depende do recebimento de novas doses.

Os municípios de Guarulhos, Arujá, Biritiba-Mirim, Salesópolis também foram contemplados pelo primeiro envio. A Folha entrou em contato com as cidades para entender quando a campanha de vacinação terá início e aguarda retorno das administrações municipais.

A cidade de Poá afirma que ainda alinha detalhes da campanha.

Orientações

Crianças que tiveram a doença nos últimos seis meses ou apresentaram doença febril aguda nas últimas 24h não são elegíveis para receber a vacina. Imunodeprimidas que tenham HIV sem tratamento, que passam por quimioterapia e/ou usam medicamentos imunobiológicos também não podem se vacinar.

Meninas de 11 anos que já tiveram a primeira menstruação precisam informar a data do último fluxo.

Serviço

As vacinas serão administradas nas escolas da rede municipal de ensino e também nas unidades de saúde do município (Unidade Temporária de Saúde, em Paratei, e Centro de Especialidades de Saúde e Apoio à População, em Nogueira), de segunda a sexta, das 8h às 16h

O que levar? Documento pessoal da criança com foto, cartão do SUS, carteirinha de vacinação e comprovante de endereço.

Os imunizantes serão administrados nas UBSs CSII; Santo Antônio; Vila Margarida e Vila São Paulo, de segunda a sexta, das 8h às 16h

O que levar? Documento pessoal da criança com foto, cartão do SUS, carteirinha de vacinação e comprovante de endereço.

Crianças podem se vacinas em todas as UBSs, de segunda a sexta, das 9h às 16h

O que levar? Comprovante de residência e RG.

Na primeira semana a vacinação será de terça a sábado, das 9h às 15h, em cinco unidades de saúde: Vila Natal, Ponte Grande, Vila Nova Aparecida, Braz Cubas e USF Nova Jundiapeba

O que levar? Carteira de vacinação, documento pessoal, comprovante de endereço e Cartão SIS (Sistema Integrado de Saúde).

Os imunizantes serão administrados na UBS I Prefeito Ilário Dassiê das 07h às 19h de segunda à sexta-feira. Nas demais UBSs das 07h às 16h horas, também de segunda à sexta.

O que levar? Documento pessoal da criança e do responsável, caderneta de vacinação e comprovante de endereço.

Crianças podem receber as doses em UBSs e USF (Unidade de Saúde da Família), das 8h às 16h, até 23 de fevereiro

O que levar? Documento de identidade e cartão SUS.

Informação

Folha de São Paulo

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo