Notícias

John Textor, dono do Botafogo, faz acusações sem provas contra Palmeiras e São Paulo – 02/04/2024 – Esporte

O empresário americano John Textor, proprietário do Botafogo, afirmou, sem provas, que ao menos cinco jogadores do São Paulo manipularam a goleada de 5 a 0 sofrida no jogo contra o Palmeiras no Campeonato Brasileiro de 2023.

“O jogo entre Palmeiras e São Paulo em outubro de 2023 foi, de acordo com especialistas de inteligência artificial, manipulado por pelo menos cinco jogadores do São Paulo”, disse o empresário em nota. “Sete jogadores mostraram desvios anormais em situações cruciais de gols, mas apenas cinco ultrapassaram limites que deixam clara e convincente a manipulação”.

Textor já havia afirmado, também sem provas, que o Palmeiras vem sendo beneficiado nos últimos dois anos.

Além da partida contra o São Paulo, ele citou a vitória do Palmeiras por 4 a 0 contra o Fortaleza, no Brasileirão de 2022. Para o empresário, o clube paulista jogou com o título garantido.

Relatório que ele teria em mãos mostraria que quatro jogadores da equipe cearense evidenciaram a manipulação de jogos.

As equipes reagiram aos ataques sem provas do empresário.

O Palmeiras informou que adota medidas jurídicas contra o empresário e não pretende se manifestar novamente sobre as manifestações de Textor, chamado pelo clube de cartola caricato. Para o clube, ele tenta justificar a perda do título brasileiro de 2023.

Em nota, o São Paulo repudiou as acusações contra jogadores. “Tal afirmação sem nenhum vestígio de prova ataca a idoneidade de jogadores do elenco profissional masculino e a lisura da instituição São Paulo FC em seus 94 anos de história”, diz o clube.

O São Paulo acionou seu departamento jurídico, que estudará medidas legais contra o dono do Botafogo.

O Fortaleza repudiou as declarações e disse que elas geram danos à imagem. O clube também prometeu tomar medidas judiciais.

Matéria: UOL Notícias

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo