Entretenimento

Jonathan Majors é condenado a 1 ano de aconselhamento doméstico por agressão


Condenação do ator saiu nesta segunda-feira (08). Ele deverá passar pelo programa ao longo de 52 semanas e seguirá fazendo terapia. Jonathan Majors depõe em sessão da Suprema Corte de Nova York por acusação de agressão
Steven Hirsch/Pool via Reuters
Jonathan Majors deverá passar por um programa sobre violência doméstica, ao longo de 52 semanas, após ser considerado culpado em um caso envolvendo sua ex-namorada, Grace Jabbari.
Ele também seguirá com a terapia de saúde mental na qual foi inscrito anteriormente, fornecendo atualizações sobre seu progresso.
A sentença sobre o caso saiu nesta segunda-feira (08), quatro meses após o julgamento.
Em dezembro de 2023, o ator foi considerado culpado em julgamento por agressão imprudente de terceiro grau e assédio. Mas foi inocentado nas acusações de agressão intencional de terceiro grau e assédio agravado.
Segundo a revista Variety, Majors chegou ao tribunal acompanhado da atual namorada, Meagan Good.
Grace Jabbari entrou no local logo depois e deu um depoimento sobre o impacto do caso em sua vida, afirmando ainda que Majors “não está arrependido e não aceitou a responsabilidade pela agressão”.
“Ele vai fazer isso de novo, vai machucar outra mulher. Ele é um homem que acredita estar acima da lei. Eu tinha uma carreira, uma vida e um corpo, e tudo isso foi prejudicado.”
Rompimento com a Marvel
Conhecido por seu trabalho como o grande vilão do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU, na sigla em inglês), Majors foi acusado de agressão em março de 2023.
Logo após a decisão do júri, em dezembro, a Marvel decidiu romper seus laços com Majors, que não interpretará mais Kang em nenhuma produção do estúdio.
Segundo Majors, ele chamou a polícia no dia 25 de março depois de encontrar Jabbari inconsciente em seu apartamento.
Os policiais prenderam o ator ao encontrar machucados na mulher, como uma lesão atrás de sua orelha e um dedo quebrado. Ele alegou inocência em todas as acusações.
No julgamento, ela afirmou que seus ferimentos foram causados pelo ator durante uma briga no carro naquele mesmo dia.
Jabbari trabalhou como treinadora de movimentos em “Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania” (2023). O casal se conheceu durante as gravações.
Quem é Jonathan Majors
Paul Rudd e Jonathan Majors em cena de ‘Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania’
Divulgação
O americano de 34 anos se destacou no filme independente “The last black man in San Francisco” (2019). Depois, passou ainda por “Destacamento Blood” (2020), de Spike Lee, e a série “Lovecraft Country”.
Em dezembro de 2020, ele foi anunciado como Kang, o próximo grande vilão do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU, na sigla em inglês). Desde então, interpretou versões do personagens em “Quantumania” e nas duas temporadas de “Loki”.
Em entrevista ao g1, o produtor da série, Kevin Wright, falou que as acusações contra o ator não afetaram o planejamento da produção.
“Em relação a nossa série, nós escrevemos e contamos nossa história. Jonathan era parte dela e acho que tivemos muita sorte. Não precisamos regravar nada além do programado.”
Em 2023, ele ainda recebeu elogios por outro vilão, o antagonista principal de “Creed 3”.
Ainda não se sabe como a Marvel vai continuar sua grande saga cinematográfica depois da demissão de Majors. Seu personagem seria importante em um dos próximos filmes dos Vingadores, “Avengers: The Kang Dynasty”, previsto para 2026.
Jonathan Majors fala sobre vestir manto de vilão em ‘Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania

Matéria: G1 POP & Arte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo