Política

Kassab diz ser contra CPI que mira padre Júlio Lancellotti

Secretário de Governo de Tarcísio de Freitas (Republicanos-SP) e presidente do PSD, Gilberto Kassab diz ser contra a instalação da CPI das ONGs na Câmara Municipal de São Paulo, de autoria de Rubinho Nunes (União Brasil).

O vereador coloca o padre Júlio Lancellotti, das Pastoral do Povo da Rua, como principal alvo da comissão, que tem sido objeto de forte mobilização contrária de parlamentares de esquerda, artistas e instituições diversas. Nesta quinta-feira (4), o presidente Lula (PT) saiu em defesa do pároco.

“Já fui vereador, secretário municipal, vice-prefeito e prefeito de São Paulo. Conheço e sei respeitar a autonomia do Poder Legislativo”, afirma Kassab.

“Discordar em determinado tema é uma coisa. Mas, criar uma CPI que vai, inevitavelmente, trazer uma tensão adicional para um tema tão delicado, e que envolve pessoas vulneráveis que vivem na cidade de São Paulo, decididamente não é o melhor caminho”, completa.

LINK PRESENTE: Gostou deste texto? Assinante pode liberar cinco acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.

Folha de São Paulo

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo