Saúde

Lábios também precisam de protetor solar; saiba como escolher

No inverno, todos recorremos aos hidratantes labiais para evitar aquele lábio ressecado, rachado, que às vezes começa a descamar a pele. Mas nem sempre damos atenção à proteção solar no verão, que se torna ainda mais necessário, segundo dermatologistas.

Os lábios possuem uma camada de pele muito fina, com pouca melanina, que os tornam mais sensíveis à radiação ultravioleta, afirma a dermatologista Michele Kreuz, membro da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia). Essas características predispõem a região ao aparecimento de câncer de pele.

Há uma explicação ainda mais simples: “A mucosa labial faz parte da nossa pele. Da mesma maneira que a gente tem que aplicar o protetor solar na pele do rosto e do corpo, também precisa aplicar nos lábios”, diz a dermatologista Ana Carolina Sumam.

O protetor labial deve ser usado o ano inteiro, afirma Sumam, “faça chuva ou faça sol”, mas no verão é ainda mais primordial por causa da maior exposição à radiação ultravioleta em ambientes como piscina e praia. Veja aqui dicas dos especialistas para escolher um bom protetor.

Saiba diferenciar protetor de hidratante labial

O hidratante labial é um dermocosmético com composição rica em d-pantenol, ácido hialurônico e óleos vegetais como manteiga de cacau ou de karité, e tem como função tratar lábios ressecados ou danificados, além de mantê-los hidratados e úmidos, explica o dermatologista Vinicius de Alencar da Rocha, da SBD.

Já o protetor labial possui em sua composição agentes específicos que protegerão o lábio de algum agente externo, diz o médico, seja ele calor, sol, frio, vento ou poluição. Existem também combinações de protetores com hidratantes.

Quando usar o protetor labial

O protetor labial pode ser usado sempre, com uma aplicação a cada duas horas, dizem os especialistas.

“Ao falar, ingerir alguma bebida ou alimento, o protetor labial acaba saindo mais rapidamente. Por isso deve ser reaplicado”, diz Kreuz.

O que não pode faltar em um protetor labial no verão

Existem protetores com finalidades diferentes, mas para o verão é importante buscar aquele com um FPS mínimo de 30 e boa proteção contra raios ultravioleta, afirmam os especialistas.

De preferência, diz Sumam, devem ser procurados aqueles com componentes hidratantes, como o ácido hialurônico, manteiga de karité e antioxidantes como vitamina C e vitamina E.

“São ativos que ajudam a diminuir o dano do estresse oxidativo na pele e com isso ajudam também a diminuir o aparecimento de lesões cancerígenas ou pré-cancerígenas na mucosa labial”, afirma.

As substâncias hidratantes também são ideais para idas à praia ou à piscina, diz Rocha, porque a agressão extra do sal do mar e do cloro da piscina ressecam e danificam ainda mais os lábios.

Informação

Folha de São Paulo

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo