Política

‘Le Pen é direita socialista’, diz deputado bolsonarista

O deputado federal Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PL-SP) diz que o fracasso do partido de Marine Le Pen de conquistar o poder na França mostra os limites de a direita adotar um discurso belicoso.

“Isso vale para o Brasil. A gente tem que entender a necessidade de uma transição para um novo modelo, não pode haver uma ruptura”, afirma.

Ele afirma concordar com o senador Ciro Nogueira (PP-PI), que disse à coluna Mônica Bergamo que a eleição na França mostra que a direita brasileira não pode ser radical e alienar o centro.

Membro suplente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara, o parlamentar é um dos bolsonaristas mais atuantes em temas internacionais.

Segundo ele, Le Pen foi derrotada porque a esquerda soube capturar alguns temas da direita, como imigração e empreendedorismo, embora de forma mais moderada.

A própria líder francesa, segundo ele, não é uma direitista “puro sangue”, apesar de ser considerada extremista pela maioria dos analistas.

“Não sou fã da Le Pen, ela sindicalista, abortista, é uma direita socialista. Ela quer reverter a reforma da Previdência. Que direita é essa?”, pergunta.

LINK PRESENTE: Gostou deste texto? Assinante pode liberar sete acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.

Folha de São Paulo

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo