Economia

Lula lança projeto que destina imóveis para moradia popular

O governo Lula (PT) vai destinar pelo menos 483 imóveis para moradia popular.

Diego Dantas/Caixa Notícias

São 483 prédios públicos elegíveis para o programa de democratização dos imóveis da União.

O programa é uma promessa do presidente Lula (PT) para transformar imóveis abandonados em moradia para famílias carentes.

Também há projetos para educação, saúde e lazer.

Outros 500 imóveis estão em estudo para possível destinação em 200 municípios.

Destes, 68 devem virar parques e instalações de cultura e 49 devem ser destinados para a construção de escolas, universidades e institutos federais.

Prefeitura de Caruaru/Divulgação

A ministra Esther Dweck (Gestão) explicou que a prioridade é firmar parcerias para a destinação de equipamentos sociais.

Geraldo Magela – 23.jun.2016/Agência Senado

Os demais imóveis serão alvo de parceria com o setor privado.

Diego Dantas/Caixa Notícias

O presidente Lula afirmou que os imóveis serão distribuídos a partir do lançamento do programa, que ocorreu no dia 27 de fevereiro. Alguns já foram destinados ao longo de 2023.

No ano passado, Lula pediu à ministra um levantamento de todos os prédios públicos abandonados no país.

Foto: Ricardo Stuckert / PR

O presidente diz que há imóveis que podem ser transformados em moradia e até doados para que “o preço da casa fique mais barato”.

A estimativa do governo é que a destinação deverá ser concluída até 2026.

De acordo com a ministra, o objetivo é que a atuação do atual governo seja distinta da gestão anterior, que tinha a intenção de vender os bens da União à iniciativa privada.

Geraldo Magela – 23.jun.2016/Agência Senado

Matéria: UOL Economia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo