Economia

Mafoane Odara, diretora de pessoas, cultura e transformação da Zamp

O que mais ela disse

Estamos saindo de um modelo utilitarista para o que chamamos de ‘cultura de engajamento’, onde as pessoas querem equilibrar vida pessoas e vida profissional e querem viver com propósito.
a partir de 1:49

Não há uma solução mágica que ajude a gente a construir empresas mais seguras para todas as pessoas. A primeira delas é entender as iniciativas para cuidar das pessoas. Problemas complexos exigem soluções complexas.
a partir de 7:15

Tudo que a gente faz precisa ser muito bem orquestrado, principalmente na comunicação. A gente precisa ser coerente e esse exercício é muito difícil. Isso é a base para competitividade no presente e no futuro.
a partir de 9:16

Estamos vendo o crescimento do ‘presenteísmo’: as pessoas estão produzindo um terço a menos do que poderiam. 55% das empresas estão com ‘insegurança psicológica’: pessoas têm medo de trabalhar, de se posicionar, de ser como elas realmente são.
a partir de 14:08

Se eu pudesse dar uma resposta simples sobre criar ambientes, seria: comece a construir um ambiente de segurança psicológica. As pessoas só produzem quando elas podem ser quando são e quando elas podem aprender, errar e criticar.
a partir de 15:58

Matéria: UOL Economia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo