Esporte

Mano Menezes chega ao Fluminense e avalia legado do Diniz: “Muita coisa boa“

Com a missão de comandar o Fluminense na fuga do rebaixamento, Mano Menezes foi apresentado pelo clube nesta quarta (3), no CT Carlos Castilho. Em sua primeira entrevista, o técnico foi questionado sobre o encaixe do seu estilo de jogo em relação ao desenvolvido por seu antecessor Fernando Diniz. Segundo Mano, há pontos a serem aproveitados.

“Tem muita coisa boa que o Fluminense fez com Diniz que vamos manter. A tranquilidade para sair jogando talvez seja a maior delas. Vamos aproveitar isso. Talvez sem trazer tantos jogadores para a base da jogada, talvez jogar um pouco mais direto, o que não significa dar chutão. Não temos essas características, mas teremos mais ambição de chegar mais rápido ao ataque”, afirmou.

O treinador voltou a ser questionado sobre o encaixe no modelo de jogo. De acordo com Mano, haverá mudanças em relação ao trabalho de Fernando Diniz, que serão de forma gradual.

Após 13 rodadas disputadas, o Tricolor faz seu pior início na história dos pontos corridos do Brasileirão. São apenas seis pontos, o que deixa o time na lanterna da Série A há quatro rodadas.

Mano Menezes avaliou o cenário que chega ao clube e falou sobre como pode colaborar para ajudar na missão de tirar o Fluminense do Z4.

“Sou técnico de futebol. Aceito desafios, trabalhos e construo trabalhos. Essa é minha vida e aceitei por isso, por entender que tenho capacidade, agregar experiência e dar tranquilidade para os jogadores e liderar o processo. Os jogadores, nessa hora, sentem-se mais frágeis e ao enxergar alguém que já esteve com eles e conseguiu resultados, enxergam a possibilidade de retomada. Imagino que é o que estão sentindo neste momento”, respondeu Mano.

O último trabalho de Mano Menezes foi no Corinthians, que o demitiu em fevereiro. A terceira passagem do técnico pelo clube paulista foi curta, de apenas 19 jogos entre 2023 e 2024.

O Fluminense anunciou Mano na segunda (1), oito dias após a demissão de Fernando Diniz. O treinador dirigiu dois treinos no CT e estreará nesta quinta (4), contra o Internacional, no Maracanã.

Confira outras respostas de Mano Menezes

Recado para torcida e trabalho em dois dias antes da estreia

“O recado é objetivo: trabalhar para sair dessa situação. Mostrar alguns caminhos. Em curto espaço, você estabelece áreas do campo em que você vai fazer o jogo, procura tirar um pouco do que o adversário fará, mostrar as virtudes aos jogadores e reforçar as nossas coisas boas. É o que dá para fazer e fizemos nesses dois treinamentos. Bolas paradas ofensivas e defensivas, construção de jogadas, marcação mais alta e passei especificamente o que quero que façam dentro de suas funções. Trabalhamos de linha defensiva, pressão sobre a bola, pois precisamos intimidar, não dar tanta liberdade, para não recuperar a bola não tão distante do gol. É o que vamos tentar fazer diante do Internacional.”

Prioridade neste início de trabalho

“A prioridade é fazer resultado. Penso que o resultado é parte importante de qualquer trabalho. Acelera ou atrasa a formação de uma equipe. Se aparece logo, os jogadores sentem-se mais seguros.”

Opções do elenco

“Não pensei ainda sobre o Marcelo (sobre função em campo). Vai ficar um tempo fora. É um jogador diferenciado, capaz de fazer mais funções dentro de uma equipe. Penso que o treinador tem que tirar o melhor de cada um. É isso que vamos fazer. Tornar a equipe mais forte possível, respeitando as individualidades, gerir bem para tirar o melhor do grupo. Sempre pensando na equipe.”

Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas


CNN Esporte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo