Política

Marta Suplicy não avisou Ricardo Nunes de reunião com Lula

Secretária de Relações Internacionais de São Paulo, Marta Suplicy não avisou o prefeito Ricardo Nunes (MDB) de que se encontraria nesta segunda-feira (8) com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva para discutir sua possível volta ao PT para ser vice de Guilherme Boulos (PSOL) nas eleições de 2024.

O emedebista soube pela imprensa do encontro da secretária municipal com o presidente.

Marta está atualmente em férias e seu retorno ao trabalho está previsto para 14 de janeiro. A secretária ainda não conversou com o prefeito a respeito das negociações para que retorne ao PT, que já se arrastam há mais de um mês.

Segundo aliados do prefeito, a postura da ex-senadora tem gerado mais mal-estar na administração do que uma eventual saída. No atual cenário, ninguém da gestão sabe nem se Marta considera a possibilidade de deixar a gestão ou o estágio das conversas dela com Lula e o PT.

Eles afirmam que ela poderia ao menos apresentar as linhas gerais do cenário para o emedebista e seu grupo mais próximo.

“Como para mim não chegou nada oficial, a Marta, que tem acesso direto a mim e não me disse nada, eu não estou considerando a hipótese desse assunto ser real”, afirmou o prefeito ao Painel em dezembro. “Ficam várias pessoas palpitando no meu ouvido, mas eu confio na Marta. Temos uma relação muito boa e de muitos anos”, completou.

Mais do que secretária, Marta é considerada uma conselheira do prefeito, o que tem feito com que o desconforto com seu silêncio seja ainda maior no núcleo restrito do emedebista.

LINK PRESENTE: Gostou deste texto? Assinante pode liberar cinco acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.

Folha de São Paulo

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo