Política

Ministro de Lula defende instalação da CPI da Braskem


Ministério dos Transportes/ Divulgação

O ministro dos Transportes, Renan Filho (foto), disse nesta sexta-feira, 1º, que a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a crise provocada pela Braskem em Maceió (AL) é fundamental para uma responsabilização satisfatória da empresa. Em entrevista à CNN Brasil, o chefe da pasta declarou que é preciso sair apenas da esfera jurídica para que se possa compartilhar com a sociedade todos os fatos que levaram à declaração de emergência na capital alagoana.

“A gente tem que investigar com todas as ferramentas possíveis e eu acredito que uma comissão parlamentar de inquérito no Senado Federal é muito importante e muito relevante, porque uma empresa da proporção da Braskem ela é detentora de um conhecimento muito específico acerca desse acidente e ele precisa ser socializado”, disse o ministro.

A instalação da CPI no Senado vem sendo pleiteada pelo pai do ministro, o senador Renan Calheiros (MDB-AL). O requerimento da comissão foi lido em plenário, mas até o momento os partidos não fizeram as indicações.

Para que a comissão parlamentar de inquérito comece a funcionar é necessário que os partidos indiquem os senadores que irão fazer parte do colegiado. Só depois disso é que os trabalhos começam. Como noticiamos, a Braskem vinha atuando nos bastidores para atrasar a instalação da CPI.

Crise em Maceió

A pressão do grupo político de Renan Calheiros para a instalação da CPI voltou nos últimos dias, depois que a Defesa Civil de Maceió emitiu um alerta máximo na quinta-feira, 30, sobre o risco iminente de colapso de uma mina de sal-gema 18 da Braskem. A área da capital alagoana foi desocupada e a recomendação do órgão é que a população evite circular pela região.

Ex-governador e senador eleito pelo estado, Renan Filho chegou a Maceió na quinta-feira, 31. O ministro dos Transportes lidera uma comitiva do governo federal que irá monitorar as ações de mitigação dos riscos associados ao iminente de colapso da mina de sal-gema da petroquímica.

Matéria: O Antagonista

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo