Notícias

Netanyahu e Lula batem boca voltados à eleição nos dois países

Tales ressaltou que Lula mantém acirrado o clima de polarização política no Brasil ao cutucar Netanyahu, já que também atinge Jair Bolsonaro, aliado do primeiro-ministro israelense.

Vale a pena para o atual presidente manter acesa a disputa contra Jair Bolsonaro. Lula foi eleito atraindo os votos daqueles que não querem ver Bolsonaro de jeito nenhum de volta ao poder.

Bolsonaro é o melhor adversário do petismo para as eleições presidenciais de 2026, e também agora, nas eleições municipais de 2024. É um aliado de Netanyahu e do governo de Israel e crítico ferrenho dos palestinos.

Ao bater em Netanyahu, Lula bate em Bolsonaro. O ex-presidente sente o golpe e responde. E a polarização está mantida. Tales Faria, colunista do UOL

Ricupero: Lula devia pedir desculpas, é sinal de grandeza

Lula daria “um sinal de grandeza” se pedisse desculpas por sua fala sobre Israel, afirmou o ex-embaixador Rubens Ricupero, que recomendou um cuidado maior ao presidente para evitar discursos improvisados.

Matéria: UOL Notícias

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo