Tecnologia

Nokia realiza primeira ligação ‘imersiva’ do mundo; entenda 

A Nokia anunciou nesta segunda-feira (10) que realizou a primeira ligação do mundo usando uma nova tecnologia chamada “áudio e vídeo imersivos”, abandonando as atuais chamadas monofônicas. Segundo a empresa, a nova opção melhora a qualidade de uma chamada com som tridimensional, tornando as interações mais realistas. 

O que você precisa saber: 

  • A chamada foi feita pelo CEO da Nokia, Pekka Lundmark, que ligou para Stefan Lindström, Embaixador da Digitalização e Novas Tecnologias da Finlândia; 
  • Ele também esteva presente na sala quando a primeira chamada 2G foi realizada pela companhia, em 1991; 
  • A ligação foi realizada a partir de um celular comum com rede 5G; 
  • Chamadas monofônicas, usadas atualmente, comprimem os elementos de áudio e tem um som mais plano e menos detalhado. A nova tecnologia de ligação imersiva é baseada em áudio 3D; 
  • A intenção é que o chamador que dispor da tecnologia ouvirá tudo como se estivesse com outra pessoa — basicamente uma ligação 3D; 
  • A Nokia ainda busca licenciamento para a nova tecnologia, que fará parte do próximo padrão 5G Advanced. 

Leia mais! 

Demonstramos o futuro das chamadas de voz. Isso agora está se tornando padronizado para que os provedores de rede, fabricantes de chipsets e fabricantes de celulares possam começar a implementá-lo em seus produtos.

Pekka Lundmark, CEO da Nokia, à Reuters.

De acordo com a Nokia, além de chamadas imersivas de pessoa para pessoa, a tecnologia pode ser usada em teleconferências, onde as vozes dos participantes podem ser separadas com base em suas localizações espaciais (espaço e ambiente onde elas estão). 

Isso ocorre porque a grande maioria dos smartphones possui pelo menos dois microfones com os quais esta tecnologia pode ser implementada, transmitindo em tempo real as características de ambiente em uma chamada. 

É o maior avanço na experiência de chamadas de voz ao vivo desde a introdução do áudio telefônico monofônico usado hoje em smartphones e PCs”, disse Jenni Lukander, presidente da Nokia Technologies. 

Conforme a Nokia ainda busca um licenciamento para lançar oficialmente a nova tecnologia, o serviço deve demorar alguns anos para estar disponível aos usuários. 

Olhar Digital

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo