Entretenimento

‘O Espigão’ estreia no Globoplay; novela denunciou expansão imobiliária desenfreada


A trama gira entorno da construção de um grande empreendimento no bairro de Botafogo, na Zona Sul carioca.
Milton Moraes em ‘O Espigão’, de 1974
Acervo Globo
A novela “O Espigão” chega nesta segunda-feira (8) ao catálogo do Globoplay. Originalmente exibida em 1974, a obra foi escrita por Dias Gomes e dirigida por Régis Cardoso.
A trama gira entorno da construção de um grande empreendimento no bairro de Botafogo, na Zona Sul carioca.
MEMÓRIA GLOBO: ‘O Espigão’
O ponto de partida da história é a disputa entre o empresário Lauro Fontana (interpretado por Milton Moraes) e os irmãos Camará – Urânia (Wanda Lacerda), Tatá (Ary Fontoura), Tina (Susana Vieira) e Marcito (Carlos Eduardo Dolabella) –, que herdaram o terreno do pai.
Wanda Lacerda, Carlos Eduardo Dolabella, Ary Fontoura e Susana Vieira em ‘O Espigão’, de 1974
Acervo Globo
Marcito, o caçula, é o único a favor da venda da propriedade, local ideal para que Lauro construa o espigão, hotel mais moderno do mundo.
O personagem Lauro, fascinado pelo projeto, não via empecilhos quando o assunto era a construção do espigão. Já os três irmãos Camará contrários à venda, apegados à memória do pai, mantinham a decisão de não entregarem o terreno.
Betty Faria em ‘O Espigão’, de 1974
Acervo Globo
Usando do humor, a novela denunciou a expansão imobiliária desenfreada. É a segunda novela mais antiga a ser disponibilizada no Globoplay, ficando atrás apenas de “O Bem-Amado” (1973), do mesmo autor.
Susana Vieira ganhou o prêmio de Melhor Atriz pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte), por seu trabalho na trama.
Betty Faria também foi premiada pela performance na novela, na mesma categoria.

Matéria: G1 POP & Arte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo