Notícias

• Pai mata a facadas suspeito de estuprar crianças de 2 e 4 anos

Um pai revoltado se vingou e matou a facadas um jovem de 23 anos na manhã dessa segunda-feira (11). De acordo com as autoridades, o homem tirou a vida do enteado após receber alguns vídeos onde o suspeito estuprava seus filhos, de 2 e 4 anos. O caso foi registrado no Jardim Boa Vista, em Piracicaba, São Paulo.

continua após publicidade

O caso é investigado pela Polícia Civil (PC). Conforme a corporação. O pai das vítimas foi até a casa da sogra após receber, no celular, fotos e vídeos onde seus filhos eram abusados sexualmente pelo enteado.

Revoltado com o caso, o padrasto, então, efetuou diversos golpes de faca no jovem. Nesse intervalo de tempo, a esposa do homem ligou para Polícia Militar (PM) e pediu ajuda.

continua após publicidade

– LEIA MAIS: Pai vingador sequestra e mata estuprador após confissão do crime

“Segundo os registros, a mulher informou que seu marido havia recebido vídeos perturbadores, que sugeriam um possível estupro de seus filhos, cometido pelo tio das crianças. Com o intuito de confrontar o suposto agressor, o marido partiu para a residência deste”, relatou a PM.

Equipes de segurança foram mobilizadas para comparecer ao imóvel, porém, quando chegaram ao endereço, se depararam com a casa trancada. Pouco tempo depois, os militares foram informados que o jovem deu entrada em um Pronto Socorro com ferimentos causados por arma branca.

continua após publicidade

Apesar dos esforços dos profissionais de saúde, nada pôde ser feito em relação ao ferido. O rapaz morreu na instituição de saúde.

A mãe adotiva do jovem relatou à polícia que o genro dela, pai das crianças envolvidas nos vídeos, invadiu sua residência e desferiu golpes de faca contra seu filho. Ainda de acordo com a mulher, as imagens mostravam o rapaz abusando dos netos.

O homem que desferiu os golpes de faca contra o rapaz não foi encontrado pela polícia. O veículo utilizado por ele na fuga foi abandonado pela Avenida Corcovado.

Siga o TNOnline no Google News

Matéria: UOL Notícias

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo