Esporte

Palmeiras vê acusações de Textor como forma de justificar perda do título do Brasileiro de 2023

John Textor, dono da SAF do Botafogo, acusou o Palmeiras de estar envolvido em manipulação de resultados. O norte-americano declarou que tem provas confirmadas de que o clube paulista vem sendo beneficiado por isso nas duas últimas temporadas. O Palmeiras vê essas declarações como forma de justificar a perda do título do Campeonato Brasileiro de 2023.

“O Palmeiras vem adotando todas as medidas jurídicas cabíveis contra o dono da SAF do Botafogo, John Textor, e não pretende se manifestar novamente sobre a bizarra tentativa do caricato cartola de justificar a perda do título brasileiro de 2023. Confiamos que as autoridades competentes tomarão as providências necessárias com a urgência que o tema exige”, diz o posicionamento do clube.

Nesta segunda-feira, Textor voltou a citar o Palmeiras ao comentar manipulação de resultados de jogos do Campeonato Brasileiro. Dessa vez, o dono da SAF do Botafogo disse ter “evidências pesadas” e “100% provadas” de que o clube vem sendo beneficiado por pelo menos duas temporadas.

Veja mais: Palmeiras diz que tomará medidas legais contra John Textor por falas irresponsáveis sobre manipulação de resultados

Antes disso, em março, Textor falou sobre um suposto caso de manipulação no jogo entre Palmeiras e Fortaleza, pelo Brasileirão da penúltima temporada em vídeo publicado em seu site. Nessa oportunidade, ele declarou que não tinha conhecimento de que havia alguém do clube alviverde envolvido. Tendo conhecimento das acusações, o Alviverde informou que tomaria as medidas legais cabíveis, nas esferas civil, criminal e esportiva contra o norte-americano.

O Botafogo tinha larga vantagem no Campeonato Brasileiro de 2023 e perdeu o título para o Palmeiras depois de uma arrancada do Verdão. Um episódio que marcou essa arrancada alviverde foi a vitória palmeirense por 4 a 3 sobre o time carioca, de virada, no Nilton Santos. Após esse jogo, Textor afirmou, em tom de protesto, que sua equipe havia sido “roubada” por conta da expulsão do zagueiro Adryelson, em lance polêmico ocorrido quando o duelo estava 3 a 1 para os cariocas.

Gazeta Esportiva

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo