Política

PP encomenda pesquisa para avaliar Derrite como candidato a prefeito de SP

O diretório paulistano do PP encomendou uma pesquisa eleitoral para avaliar uma possível candidatura de Guilherme Derrite (PL), secretário estadual de Segurança Pública, para a Prefeitura de São Paulo em 2024.

Como revelou o Painel, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) sondou o secretário de Tarcísio de Freitas (Republicanos) sobre uma eventual candidatura em novembro.

Os principais aliados de Derrite encontram-se no PP, partido ao qual foi filiado de 2018 a 2022. Ele migrou para o PL para acompanhar Bolsonaro.

Na época da sondagem de Bolsonaro, alas do Republicanos e do PP passaram a conversar sobre a possibilidade de colocar o plano em prática. Uma das ideias seria tentar construir uma chapa com as duas siglas e o PL, que então teria um candidato próprio.

Atualmente, Valdemar Costa Neto, presidente do PL, tem dito que o partido apoiará o prefeito Ricardo Nunes (MDB) em 2024 e que Bolsonaro escolherá o vice da chapa, apesar dos gestos do ex-presidente em apoio a Ricardo Salles (PL). O PP e o Republicanos também têm sinalizado apoio ao emedebista.

Os dirigentes do PP se animaram com o resultado do levantamento, realizado por Opinião Pesquisa e Govnet. Na pesquisa estimulada, Derrite aparece com 5%, no mesmo patamar que os deputados Tabata Amaral (PSB) e Ricardo Salles, 6%, que, diferentemente do secretário, já se colocaram publicamente como candidatos.

O secretário participaria da disputa como representante da área da segurança pública, que tem sido vista por pré-candidatos como um dos temas centrais da campanha de 2024.

A deputada federal Tabata Amaral (SP) fez esse cálculo ao convidar José Luiz Datena para se filiar ao PSB e, possivelmente, para a vice de sua chapa, como mostrou a coluna.

LINK PRESENTE: Gostou deste texto? Assinante pode liberar cinco acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.

Folha de São Paulo

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo