Política

Prates avalia abrir a “Petrobras Arábia”


Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates (foto), afirmou que a empresa deverá começar um estudo neste mês para analisar a viabilidade de abrir uma subsidiária no Oriente Médio.

Em mensagem de texto para a Bloomberg News, na sexta-feira, 1º, Prates se referiu à iniciativa como “Petrobras Arábia”.

A ideia, segundo o presidente da estatal, é fortalecer os laços comerciais na região do golfo Pérsico.

A declaração foi feita um dia depois do anúncio do possível ingresso do Brasil na Opep+. Na ocasião, o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, informou que o presidente Lula confirmou a carta de cooperação com o grupo de países produtores de petróleo a partir de janeiro de 2024. 

A decisão final sobre o ingresso do Brasil na Opep+ será tomada em junho do próximo ano, após análise das regras de funcionamento da plataforma.

Atualmente, o Brasil é o maior produtor de petróleo da América do Sul, com uma produção diária de 4,66 milhões de barris de óleo equivalente (petróleo e gás) em setembro.

Matéria: O Antagonista

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo