Política

Ricardo Salles no páreo em São Paulo (ao menos em pesquisa)


Jair Bolsonaro e Ricardo Salles, durante evento em 2019. Foto: Marcos Corrêa/PR

O instituto AtlasIntel divulgou neste domingo, 31, uma pesquisa realizada com eleitores paulistanos sobre a disputa pela Prefeitura de São Paulo, em 2024.

O levantamento aponta Guilherme Boulos (PSOL), apoiado por Lula, na liderança, com 29,5% das intenções de voto na capital paulista. O atual prefeito Ricardo Nunes (MDB) e o deputado Ricardo Salles (PL) aparecem tecnicamente empatados na segunda posição, com 18% e 17,6%, respectivamente. 

Em seguida aparecem Tabata Amaral (PSB) e com 6,2%, Kim Kataguiri (União Brasil), 5,3%. Marco Vinholi (PSDB) tem 0,8%; Maria Helena (Novo), 0,6%. Brancos e nulos somam 8%. E 14,1% não souberam responder.

A margem de erro é de 2,5 pontos percentuais para mais e para menos. Os dados foram coletados entre os dias 25 e 30 de dezembro. Foram entrevistadas 1.600 pessoas.

Reprodução/ AtlasIntel

E o apoio de Bolsonaro vai para…

Como temos mostrado, correram nas últimas semanas informações conflitantes que mostram o vaivém de Jair Bolsonaro sobre as eleições municipais. Uma das versões é que o ex-presidente vai apoiar a candidatura de Ricardo Salles.

Ele [Bolsonaro] quer que eu seja candidato pelo PL, e não por outro partido”, disse Salles a O Antagonista, ao comentar notícia de que o ex-presidente o teria aconselhado a não assinar a desfiliação do PL.

Salles disse que, durante reunião realizada há três semanas, Bolsonaro confirmou seu interesse na candidatura do ex-ministro do Meio Ambiente. Segundo o deputado, também estavam na reunião Valdemar Costa Neto, presidente do PL, os deputados federais Mário Frias (PL-SP) e Tenente Coronel Zucco (Republicanos-RS).

Nunes corteja Bolsonaro

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, encaminhou em 20 de dezembro, a dirigentes do PL, um vídeo em que pede, mais uma vez, o apoio de Jair Bolsonaro à sua reeleição.

“Eu quero, é importante que tenha o apoio do presidente Bolsonaro, é fundamental o apoio do presidente Bolsonaro e tenho certeza de que ele tem consciência da responsabilidade dele, porque nós estamos falando aqui em São Paulo de combater o que tem de pior na extrema-esquerda”, diz a mensagem.

Matéria: O Antagonista

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo