Notícias

Rússia diz que demissão de general ucraniano não mudará guerra

Ações comunitárias

Outro passo importante foi conhecer o território, coletar dados e identificar riscos e locais vulneráveis. No caso do bairro Botânia, a proximidade com áreas florestais era um sinal de alerta. Foram criadas ações para evitar esses riscos, começando com jornadas de capina, poda, criação de aceiros (desbaste de vegetação para evitar propagação de incêndios) e retirada de lixo em setores vulneráveis.

“A matéria vegetal combustível deve ser retirada da área de interface urbano-florestal para reduzir as condições de propagação do fogo em um incêndio florestal. Isso implica também trabalhar com o município, que retire essa matéria”, detalha Contreras.

Juntamente com a capacitação, os moradores reforçaram o sistema de alerta e resposta prévia e garantiram projetos de financiamento para permitir um programa de ação completo. Entre outros, foram adquiridas ferramentas de manejo florestal, maquinários como capinadores e cortadores de grama, e construídos lagos com mais de três mil litros de água em pontos estratégicos para umedecer setores de risco e fornecer uma resposta rápida.

Além disso, eles também instalaram câmeras de segurança para monitorar a área de interface, principalmente nas estações de temperaturas elevadas, e adotaram o rádio como um meio de comunicação acessível em caso de emergência e queda do sinal telefônico, algo fundamental para coordenar a evacuação e salvar vidas.

Tarefa de todos

A tragédia poderia ter sido maior, é fato, mas com tantas vidas e lares perdidos, o golpe não deixou de ser severo. Vargas apela pelo apoio aos vizinhos mais desamparados: “Há muitos que perderam absolutamente tudo; não têm sequer seus documentos. “O governo prometeu ajudar, enquanto organizações como a Cáritas, municípios e instituições privadas realizam campanhas para angariar doações em dinheiro.

O presidente do Grupo Canal Chacao alerta ainda para a necessidade dos proprietários de terrenos florestais tomarem medidas para manter limpa a interface com as áreas habitadas: “Deve haver uma responsabilidade por parte dos proprietários que têm florestas próximas dos centros urbanos. Aceiros são fundamentais para proteger a vida e a propriedade das pessoas.”

Matéria: UOL Notícias

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo