Saúde

São Paulo amplia vacinação contra a dengue em todas as unidades de saúde da cidade

A partir desta quinta (11), a vacinação contra a dengue será ampliada para toda a cidade de São Paulo. Crianças e adolescentes de 10 a 14 anos, que moram ou estudam em qualquer bairro, poderão ser vacinados em uma das 471 UBSs (Unidades Básicas de Saúde) da capital.

No município, a vacinação começou no dia 4 de abril, mas apenas em Itaquera (leste) —por ser a região onde, naquela semana, se concentrava o maior número de casos absolutos da doença— e Vila Jaguara (oeste), que ainda possui a maior incidência de dengue por 100 mil habitantes.

Na ocasião, a Secretaria Municipal da Saúde tinha 8.310 doses da Qdenga que não haviam sido utilizadas pelos municípios do Alto Tietê.

Para a etapa que começará na quinta, o PNI (Programa Nacional de Imunizações) disponibilizou 177.679 doses do imunizante.

Jovens de 10 a 14 anos deverão comparecer com um responsável a uma das 471 UBSs, de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, e aos sábados, nas AMAs/UBSs integradas, no mesmo horário.

É preciso levar o documento de identidade, cartão de vacina e comprovante de residência ou escolar. A criança ou o adolescente não pode ter sido diagnosticado com dengue nos últimos seis meses.

As informações sobre a vacinação contra a dengue estão disponíveis na página De Olho na Carteirinha.

Até o momento, a pasta já aplicou 2.084 doses da vacina em UBSs dos distritos de Itaquera e Vila Jaguara.

De 1º de janeiro a 3 de abril, o município contabilizou 114.314 casos e 39 mortes por dengue, segundo o último boletim epidemiológico da Secretaria Municipal da Saúde. Na semana anterior, a capital tinha 89.153 casos e 33 mortes.

Informação

Folha de São Paulo

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo