Política

“Sergio, o coro está comendo aqui nas redes”


Foto: Pedro França/Agência Senado

O “coro está comendo” nas redes sociais desde a tarde de quarta-feira, 13, quando o senador Sergio Moro (União-PR, foto) abraçou o ministro da Justiça, Flávio Dino, durante sua sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. Quem avisa é “Mestrão”, como registram fotos publicadas por O Globo e Estadão.

“Sergio, o coro está comendo aqui nas redes, mas fica frio que jaja passa, só não pode ter vídeo de você falando que votou a favor, se não isso vai ficar a vida inteira rodando”, diz Mestrão na mensagem recebida pelo senador. Ele completa: “Estou de plantão aqui, qualquer coisa só acionar”.

Moro responde: “Blz. Vou manter meu voto secreto, eh um instrumento de proteção contra retaliação”.

O senador confirmou a O Globo e ao Estadão o conteúdo das mensagens, por meio de sua assessoria de imprensa.

“A pessoa em questão, sem ter informação do voto do senador Sérgio Moro, fez a sugestão somente porque distorceram o posicionamento do parlamentar nas redes após cumprimento ao ministro Dino. Em resposta, o senador disse que iria manter o sigilo do voto, que é um instrumento de proteção contra retaliação”, diz a explicação enviada ao jornal carioca.

O Estadão captou um trecho anterior da conversa, no qual Mestrão diz a Moro que o advogado do PT no processo em que o partido pede sua cassação é sócio do “DG [Diretor Geral] da Alep [Assembleia Legislativa do Paraná], braço direito do [Ademar] Traiano [presidente da Alep]”.

Matéria: O Antagonista

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo