Política

Silvio Almeida substitui Dino na lacração


Foto: Pedro França/Agência Senado

Com a peregrinação de Flávio Dino no Senado, Silvio Almeida (foto) decidiu substituir o ministro da Justiça e Segurança Pública na lacração e cobrar “urgente e essencial” regulação das plataformas digitais.

Após a invasão do perfil da primeira-dama Janja no X, antigo Twitter, o ministro dos Direitos Humanos afirmou que as redes sociais “falham miseravelmente” em garantir a segurança do usuário, além de permitir o “discurso de ódio, da misoginia e da intolerância”.

É espantosa, mas não surpreendente, a postura das redes sociais, particularmente da plataforma X (antigo Twitter), que falham miseravelmente em garantir a segurança do usuário. E o pior: ainda são lenientes e permissivas diante do discurso de ódio, da misoginia e da intolerância.

Exemplo disso é a invasão criminosa do perfil da primeira-dama Janja, que é alvo de ataques frequentes neste ambiente, sem que nenhuma providência seja tomada por parte da plataforma. A ela, toda minha solidariedade.

Mais uma vez, as redes sociais demonstram não ter nenhum compromisso com o usuário, seja ele quem for. Aqui as pessoas são completamente livres para ofender umas às outras, difamar e caluniar, sem nenhum tipo de consequência ou responsabilização.

O resultado é dor, sofrimento e danos irreversíveis à reputação e até à saúde mental.

A regulação das plataformas é providência urgente e essencial, escreveu o ministro na rede social X.

Leia também:

Direitos humanos só para amigos

Matéria: O Antagonista

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo