Política

Susan Sarandon pede desculpas por discurso antissemita

A atriz americana Susan Sarandon (foto) pediu desculpas por ter dito numa manifestação pró-Palestina que os judeus dos Estados Unidos estão experimentando como é ser muçulmano neste país”.

Em comunicado divulgado na sexta-feira, 1º, a artista afirmou que a declaração “foi um erro terrível, pois implica que até recentemente os judeus eram alheios à perseguição, quando o oposto é verdadeiro”.

“Lamento profundamente ter minimizado essa realidade e ofendido as pessoas com esse comentário. A minha intenção era mostrar solidariedade na luta contra a intolerância de todos os tipos, e lamento não ter conseguido fazê-lo.”

Sarandon participou de ao menos duas manifestações pró-Palestina em Nova York após os ataques do Hamas. A atriz tem repetidamente acusado Israel de genocídio e crimes de guerra. Nas redes sociais, ela compartilhou fake news negando provas dos massacres do Hamas, que ela classifica como uma “organização de resistência”, e não como um grupo terrorista.

A atriz ganhadora do Oscar foi dispensada pela agência de Hollywood UTA após seus comentários.

Matéria: O Antagonista

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo