Notícias

Tarcísio de Freitas perdeu o CPF na avenida Paulista – 27/02/2024 – Bruno Boghossian

Tarcísio de Freitas disfarçou mal. Pegou o microfone, apertou velhos botões do patriotismo (“estamos aqui para celebrar o verde-amarelo”) e lançou palavras genéricas sobre liberdade. Enquanto colegas exibiam uma dose de orgulho golpista, ele disse que era preciso entender um tal “desafio da representatividade”.

O governador paulista tentou fingir que aquele era um comício normal, num domingo qualquer. Exaltou obras de infraestrutura hídrica, citou um questionável milagre de expansão de ferrovias e disse ser grato a seu líder político —sem mencionar que os dois só estavam ali porque um deles corre o risco de ser preso por preparar um golpe de Estado.

O discurso de Tarcísio foi ensanduichado pelas falas de dois notórios bufões do bolsonarismo, Magno Malta e Silas Malafaia. Se a ideia era criar um contraste que permitisse ao governador realçar um figurino moderado, não funcionou. A adesão ao ato e suas companhias desnudam suas convicções mais francas.

Os mais generosos aliados de Tarcísio descrevem o governador como um equilibrista, que tem posições ponderadas, mas depende da herança de Bolsonaro. Falta explicar por que ele quase sempre cai para o mesmo lado da corda, autorizando revanches policiais em forma de carnificina ou abraçando um pacto por anistia a conspiradores golpistas.

No discurso de domingo (25), o governador reconheceu a devoção exigida e praticada por aqueles que pretendem colher os benefícios dessa filiação. Segundo ele, Bolsonaro “não é mais um CPF” porque representa um movimento político amplo, que independe de sua pessoa física. Por essa lógica, Tarcísio perdeu seu próprio CPF na avenida Paulista.

A sucessão de Bolsonaro ainda não foi deflagrada porque o ex-presidente quer ser bajulado por mais algum tempo. A associação desse processo e de seus postulantes com o golpismo, por outro lado, já mostra que setores competitivos da direita brasileira topam abrir mão de compromissos democráticos para ter uma chance de voltar ao poder.


LINK PRESENTE: Gostou deste texto? Assinante pode liberar cinco acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.

Matéria: UOL Notícias

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo